Bolsonaro ficará mais 4 dias afastado da Presidência por orientação médica

Bolsonaro continua se alimentando por sonda e as visitas permanecem restritas

Presidente Jair BolsonaroPresidente Jair Bolsonaro - Foto: Reprodução/Facebook

Jair Bolsonaro (PSL) ficará afastado do cargo de presidente da República por mais quatro dias, seguindo orientações médicas. O vice, Hamilton Mourão (PRTB), fica no posto até terça-feira (17).

A previsão era que Bolsonaro reassumisse a Presidência nesta sexta-feira (13), mas os médicos propuseram um período maior de descanso. Bolsonaro continua se alimentando por sonda e as visitas permanecem restritas.

O porta-voz da Presidência, general Otávio Rego Barros, conversou com a imprensa e disse o quadro de recuperação do presidente é bom -ele caminhou duas vezes pelo quarto nesta quinta-feira.

Leia também:
Mourão visita Bolsonaro no hospital
Bolsonaro mandou Guedes demitir Cintra, diz Mourão


O presidente está internado desde o último domingo (8) no Hospital Vila Nova Star, na região sul de São Paulo, onde passou pela quarta cirurgia desde que sofreu uma facada durante um ato de campanha em setembro de 2018.

Os médicos corrigiram uma hérnia que surgiu na região do abdômen em decorrência das múltiplas incisões feitas no local nos últimos meses. A operação durou cinco horas e foi considerada bem-sucedida.

Segundo a Presidência, Bolsonaro estará restabelecido a tempo de discursar na Assembleia Geral da ONU, em 24 de setembro, em Nova York.

Veja também

'Virei boiola, igual maranhense', diz Bolsonaro no Maranhão após beber refrigerante rosa
governo

'Virei boiola, igual maranhense', diz Bolsonaro no Maranhão após beber refrigerante rosa

Covid-19: apesar de alta de casos, número de óbitos continua em queda no Brasil
Coronavírus

Covid-19: apesar de alta de casos, número de óbitos continua em queda no Brasil