Bomba explode no bolso de homem que comemorava jogo do Flamengo

Um vídeo que se espalhou no Whatsapp mostra Márcio Esteves dos Santos tentando andar em cima de uma bobina

Torcida do FlamengoTorcida do Flamengo - Foto: Paula Reis e Marcelo Cortes/ CR Flamengo

Um torcedor comemorava a vitória do Flamengo, que lidera o Campeonato Brasileiro, na noite desta quinta (10) quando uma bomba caseira que estava em seu bolso explodiu. Ele foi socorrido ao hospital estadual Azevedo Lima e está internado em estado grave, segundo a Secretaria de Saúde.

Um vídeo que se espalhou no Whatsapp mostra Márcio Esteves dos Santos tentando andar em cima de uma bobina –objeto circular usado para enrolar fios– em uma rua no bairro de Caramujo, em Niterói (região metropolitana do Rio). Logo depois ele cai, e a bomba caseira estoura.

"Ele estava brincando por causa do jogo, a rua estava cheia. Ele subiu num negócio de madeira, mas quando caiu para trás pressionou a pólvora e essa bombinha explodiu no bolso de trás dele. A rua encheu de bombeiros", conta Leonardo Souza, dono da loja Açaí do Leo, que fica perto do local onde o incidente aconteceu. De acordo com ele, Esteves já passou por duas cirurgias.

Leia também:
Trump propõe combater furacões com bombas
Bomba mata 34 passageiros em ônibus no Afeganistão


A Polícia Militar afirmou que equipes foram verificar a informação de que um homem havia dado entrada ao hospital Azevedo Lima com "ferimentos provocados por uma granada" e, no local, constataram o fato.

Já a Polícia Civil informou que registrou o caso e instaurou um inquérito "para apurar o crime de posse de artefato explosivo, previsto no Estatuto do Desarmamento". Também disse que aguarda a melhora clínica da vítima para que ela possa prestar depoimento.

Veja também

Pesquisa investiga transmissão de Covid-19 entre homens e animais
Coronavírus

Pesquisa investiga transmissão de Covid-19 entre homens e animais

Brasil soma mais 26.979 novos casos e 432 mortes por Covid-19 nas últimas 24h
CORONAVÍRUS

Brasil soma mais 26.979 novos casos e 432 mortes por Covid-19 nas últimas 24h