Brasil alcança marca de 10 mil adoções de crianças em 5 anos

Levantamento mostra que 5.026 crianças estão aptas para adoção

Mãe e filhoMãe e filho - Foto: Pixabay

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) informou nesta segunda-feira (25) que o Brasil atingiu a marca de 10 mil adoções de crianças e adolescentes em cinco anos. O levantamento também mostra que 5.026 crianças estão aptas para adoção e há 34.443 pretendentes. O tempo entre o pedido e a aprovação da adoção é de 4,3 anos.

Os dados foram divulgados em celebração ao Dia Nacional da Adoção, lembrado nesta segunda-feira, e fazem parte do novo Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento, plataforma que auxilia juízes de varas da infância em todo o país na condução de processos de adoção.

Leia também:
Para incentivar adoções, padre leva animais para o altar em Gravatá
Juízes investigados por supostas adoções irregulares da Universal

Lançado em agosto de 2019, o sistema concentra informações de instituições de acolhimento de crianças e adolescentes abrigados em todo o país e é oriundo da junção do Cadastro Nacional de Adoção (CNA) e do Cadastro de Crianças Acolhidas, que já existiam.

Com a nova versão, a busca de pretendentes para crianças aptas a adoção é feita de forma automática, conforme as regras do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). O programa também emite alertas de cumprimento dos prazos processuais das adoções e comunica aos interessados na adoção sobre atualizações de cadastro.

Veja também

Trabalhador terá dez dias para contestar auxílio emergencial negado
Auxílio

Trabalhador terá dez dias para contestar auxílio emergencial negado

Anvisa diz que prazo para liberar vacinas tem a ver com documentação
Coronavirus

Anvisa diz que prazo para liberar vacinas tem a ver com documentação