Cães seguem ambulância e esperam morador de rua ser atendido em hospital no Paraná

Os animais apenas deixaram o local quando reencontraram o morador de rua

Animais esperam companheiro do lado de fora de um hospitalAnimais esperam companheiro do lado de fora de um hospital - Foto: Reprodução/Internet

Um morador de rua contou com o apoio de um grupo de cachorros quando passou mal e precisou ser levado a um hospital em Cianorte, no Paraná, nesta semana. Os animais, que convivem com ele pela cidade, seguiram a ambulância e ficaram o tempo todo na porta da Santa Casa. Imagens publicadas pela ONG Amigos de Patas mostra seis cães deitadinhos em frente à unidade.

Segundo a ONG, o morador de rua, identificado como Luiz, trata muito bem os peludinhos e reparte tudo com eles. O homem teve alta médica na última quinta (3), mas os cães permaneceram em vigília até constatarem que o amigo estava bem.

Leia também:
Começa agendamento gratuito para castração de cães e gatos
Zona Norte recebe evento de adoção de cães e gatos
Morador de rua é queimado na área central do Recife

Havia uma suspeita de AVC, que foi descartada. Ao deixar o hospital, Luiz acabou saindo por outra porta e foi levado até a casa de um irmão. Sem perceber a passagem do tutor, os cachorros permaneceram diante da unidade.

Segundo o Boa Noite Paraná, da RPC, a única forma de tirar os animais dali foi buscar o morador de rua na casa do familiar e levá-lo até a unidade. Assim, ele e os cães voltaram a viver nas ruas da cidade. De acordo com o telejornal, Luiz tem 60 anos e há dez anos é morador de rua.

Outro caso
Em dezembro, quatro cachorros também acompanharam e aguardaram o atendimento médico de um morador de rua, em Rio do Sul (SC). O paciente ficou na unidade de saúde por aproximadamente uma hora, sob olhares atentos dos animais, que só deixaram o local com o paciente, devidamente medicado.

Veja também

Anvisa envia ao STF informações sobre uso emergencial da Sputnik V
Vacina

Anvisa envia ao STF informações sobre uso emergencial da Sputnik V

Mortes por Covid-19 chegam a 217,6 mil no Brasil
Coronavírus

Mortes por Covid-19 chegam a 217,6 mil no Brasil