A-A+

Campanha reproduz em humanos o sofrimento causado por fogos em animais; veja vídeo

Para conscientizar sobre o problema, a seguradora peruana Rimac submeteu seres humanos a sons incômodos, em uma iniciativa compartilhada com a hashtag #CEROCohetones (zero rojões)

CãoCão - Foto: Leah Kelley/Pexels

Barulho incomoda? E quando quem é exposto ao som tem audição mais aguçada?Animais sofrem com fogos de artifício, especialmente na época das festas de fim de ano. Mas não são os únicos -o barulho também afeta crianças, idosos e autistas.

Para conscientizar sobre o problema, a seguradora peruana Rimac submeteu seres humanos a sons incômodos, em uma iniciativa compartilhada com a hashtag #CEROCohetones (zero rojões).

O vídeo, que circula nas redes sociais, termina com um cão entregando um envelope às pessoas. Nele, a pergunta: agora que você sabe disso, voltaria a usar fogos?

Leia também:
Réveillon em Boa viagem altera o trânsito no entorno
Supremo derruba lei que proíbe fogos de artifício com barulho em São Paulo

Veja o vídeo:

Veja também

G20: Brasil vai priorizar temas como saúde, tecnologia e meio ambiente
Brasil

G20: Brasil vai priorizar temas como saúde, tecnologia e meio ambiente

Preocupação com falta de mão de obra cresce na indústria, diz CNI
CNI

Preocupação com falta de mão de obra cresce na indústria, diz CNI