Cantora Loalwa Braz é encontrada morta carbonizada

Vítima teve uma fulgurante e efêmera fama mundial em 1989, ao interpretar com o grupo Kaoma a música "Chorando se foi" (veja vídeo)

Cantora Loalwa BrazCantora Loalwa Braz - Foto: Reprodução/Facebook

A cantora Loalwa Braz Vieira, famosa pelo hit "Chorando se foi", foi encontrada morta carbonizada em seu carro nesta quinta-feira (19) em Saquarema, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, informou a polícia.

"Sim, podemos confirmar essa informação", declarou à AFP um policial local, sem fornecer maiores informações. Segundo a imprensa, o corpo da cantora foi encontrado carbonizado dentro do seu carro incendiado, perto de sua casa, na madrugada desta quinta-feira.

A presença de dois homens armados foi relatada perto da casa da cantora no meio da noite, de acordo com informações preliminares da Polícia Militar. Mas ainda é prematuro estabelecer um vínculo formal com a morte, de acordo com os investigadores citados pelo site G1.

O Corpo de Bombeiros foi chamado uma primeira vez para responder a um incêndio na casa da cantora. Os bombeiros receberam uma segunda chamada informando um incêndio em um veículo nas proximidades. Foi dentro deste carro que o corpo da cantora foi encontrado. Uma necrópsia será realizada durante o dia.

Carreira
Loalwa Braz Vieira teve uma fulgurante e efêmera fama mundial em 1989, ao interpretar com o grupo Kaoma a música "Chorando se foi", conhecida internacionalmente como "La Lambada". A lambada é um gênero musical tropical, que reúne o carimbó, merengue, salsa e zouk, do qual Loalwa Braz Vieira foi ícone na década de 1980.

"Chorando se foi", acompanhado por clipe alegre e sensual, foi um sucesso mundial, vendendo 15 milhões de cópias em mais de 100 países. Na França, onde Loalwa Braz viveu durante vários anos, o hit vendeu 700.000 cópias.

No Brasil, foi regravado por artistas e bandas como Ivete Sangalo, Aviões do Forró e Magníficos. Confira abaixo o videoclipe da época:


Veja também

Pacientes de Manaus chegam ao Hospital das Clínicas, da UFPE, neste sábado (23)
Coronavírus

Pacientes de Manaus chegam ao Hospital das Clínicas, da UFPE, neste sábado (23)

À frente do combate à Covid-19, presidente da Vigilância Sanitária morre vítima da doença em Manaus
Coronavírus

À frente do combate à Covid-19, presidente da Vigilância Sanitária morre vítima da doença em Manaus