Cartilha do Participante auxilia estudantes com a redação do Enem 2019

Candidatos podem consultar redações nota mil comentadas por especialistas

Preparação para o EnemPreparação para o Enem - Foto: Divulgação

A redação - uma das partes mais temidas pelos participantes do Enem - possui “fórmulas” que, se seguidas à risca, podem render a tão esperada nota mil. Além das técnicas para a escrita no modelo dissertativo-argumentativo, o participante deve introduzir ao texto todo o repertório sociocultural que melhor baseie a sua argumentação.

Essas informações podem ser conferidas na Redação no Enem 2019 - Cartilha do Participante. A cartilha, entre outros assuntos, traz sete modelos de redações escritas no Enem 2018 que alcançaram nota máxima no exame. Com o tema "Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet", dos 4 milhões de participantes apenas 55 produziram redações nota mil. Especialistas do Inep analisaram os textos publicados na cartilha, explicando ponto a ponto as produções, que podem ser consultadas individualmente aqui: Redação 1, Redação 2, Redação 3, Redação 4, Redação 5, Redação 6 e Redação 7.

Motivos que zeram a redação:
- fuga total ao tema;
- não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa;
- extensão total de até 7 linhas;
- cópia integral de texto(s) da Prova de Redação e/ou do Caderno de Questões;
- impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação, em qualquer parte da folha de redação;
- números ou sinais gráficos fora do texto e sem função clara;
- parte deliberadamente desconectada do tema proposto;
- assinatura, nome, apelido, codinome ou rubrica fora do local devidamente designado para a assinatura do participante;
- texto predominante ou integralmente em língua estrangeira; e
- folha de redação em branco, mesmo que haja texto escrito na folha de rascunho.

Enem 2019
Este ano, o Enem será realizado nos dias 3 e 10 de novembro. O exame é um dos principais meios de acesso ao ensino superior público, através do Sisu, e nas faculdades particulares, através do Prouni e do Fies. Além disso, instituições portuguesas também utilizam a prova como seleção de brasileiros para cursos de graduação. Ao todo, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 42 instituições de Portugal firmaram parceria.

Veja também

Servidores já podem usar aplicativo para enviar atestados médicos
Saúde

Servidores já podem usar aplicativo para enviar atestados médicos

1% mais rico emite o dobro de CO2 que a metade mais pobre da população
Clima

1% mais rico emite o dobro de CO2 que a metade mais pobre da população