Chuva de meteoros pode ser vista na madrugada deste sábado

Fenômeno, que ocorre todo ano nesta época e é visível tanto do hemisfério norte quanto do hemisfério sul

Mesa de abertura de seminário promovido pelo IpespeMesa de abertura de seminário promovido pelo Ipespe - Foto: Gleyson Ramos/Divulgação

Até o início de novembro, quem olhar para o céu na direção da Constelação de Órion poderá ter a sorte de observar a chuva de meteoros. O fenômeno, que ocorre todo ano nesta época e é visível tanto do hemisfério norte quanto do hemisfério sul, começou em meados de outubro e vai até o início de novembro. No entanto, na madrugada desta sexta-feira (21) para o sábado (22), o fenômeno vive seu pico, segundo a Nasa.

A chuva tem tudo para ser mais nítida e visível para os brasileiros até que a de Perseidas, que aconteceu em setembro. No entanto, o tempo nublado em algumas regiões do país podem atrapalhar e até impedir a visão do fenômeno para algumas pessoas. Além disso, as luzes das cidades grandes também podem ser um obstáculo para ver os meteoros.

Veja também

Por falta de dinheiro, fornecimento de água a cidades no Nordeste deve ser interrompido
Carros-pipa

Por falta de dinheiro, fornecimento de água a cidades no Nordeste deve ser interrompido

Em tratamento contra a Covid, ministro da Saúde é internado
BRASÍLIA

Em tratamento contra a Covid, ministro da Saúde é internado