A-A+

Chuvas e ventos deixam o Rio em estágio de atenção

A chuva forte que atingiu a cidade na noite do domingo causou diversos transtornos para os cariocas

Rio de Janeiro.Rio de Janeiro. - Foto: CARL DE SOUZA / CDS / AFP

A cidade do Rio de Janeiro permanece nesta segunda-feira (29) em estágio de atenção desde às 20h25 do domingo, em razão da possibilidade de chuva moderada a forte nas próximas horas.

A mudança no nível de monitoramento, de vigilância (primeiro estágio) para atenção (segundo estágio), ocorreu após a chegada de uma frente fria que derrubou a temperatura e trouxe chuva e muito vento para a região metropolitana.

Leia também:
Rio de Janeiro segue em estágio de crise e com vias fechadas
Prefeitura do Rio inicia demolição de prédios na Muzema


A chuva forte que atingiu a cidade na noite do domingo causou diversos transtornos para os cariocas, principalmente nas zonas norte e oeste, mas, desta vez, os principais problemas foram causados pelo vendaval. As rajadas mais fortes foram registradas na estação do Forte de Copacabana, onde o vento chegou a 105,5 km/h.

De acordo com o Centro de Operações da prefeitura, a ventania provocou a queda de pelo menos 63 árvores. Algumas delas caíram sobre a rede elétrica, interrompendo o fornecimento de energia na Grande Tijuca, no Engenho de Dentro, no Méier e em Vila Isabel.

Na zona oeste, faltou luz em pontos da Barra da Tijuca, Jacarepaguá e Realengo, onde o Hospital Albert Schweitzer ficou sem energia por pelo menos duas horas. Os ventos fortes também causaram a interdição da Ponte Rio-Niterói, que ficou fechada por dez minutos, no sentido Niterói, às 20h15 de ontem.

A previsão para esta segunda-feira no Rio é de tempo instável, com predomínio de céu nublado, e possibilidade de chuva moderada a forte agora pela manhã, e chuva de intensidade fraca a moderada à tarde e à noite. A temperatura cai ainda mais e a máxima prevista para esta segunda é de 30 graus.

Veja também

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em maio
Auxílio emergencial

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em maio

Insegurança alimentar: o que há no prato dos brasileiros?
Alimentação

Insegurança alimentar: o que há no prato dos brasileiros?