Créditos do Fies na pauta

Além disso, os senadores vão votar projetos da pauta e das comissões permanentes da Casa.

Peça ObsessãoPeça Obsessão - Foto: Reprodução/Divulgação

BRASÍLIA (ABr) - Os senadores interrompem nesta semana a participação nas campanhas municipais de segundo turno para se reunir em esforço concentrado. E uma das votações mais importantes previstas para o período é a do projeto que libera créditos para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que está pendente na pauta do Congresso e será analisado conjuntamente com os deputados amanhã.
Além disso, os senadores vão votar projetos da pauta e das comissões permanentes da Casa. De acordo com o presidente do Senado, Re­nan Calheiros (PMDB-AL), matérias econômicas terão prioridade. Ele disse que, entre outras coisas, pretende incluir na pauta do plenário do projeto que trata da securitização das dívidas.
O projeto permite que a União e os estados vendam as dívidas que têm a receber por um valor menor. No entanto, a matéria ainda está na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), que deve apreciá-la somente em 1º de novembro. Para que o tema seja adiantado, pode ser necessário um acordo com a presidente da CAE, Gleisi Hoffmann (PT-PR), o relator, Paulo Bauer (PSDB-SC), e líderes partidários.
A ordem do dia amanhã começará com a pauta trancada pela Medida Provisória (MP) 735, que altera várias leis do setor elétrico e abre a possibilidade de privatização das empresas distribuidoras estaduais de energia elétrica que foram federalizadas.
Também está pronto para votação em turno suplementar o projeto de lei, já aprovado anteriormente, que estabelece prazo de 24 horas para que presos em flagrante sejam apresentados a uma autoridade judicial.

Veja também

São Paulo tem mais de 200 mil pessoas recuperadas de Covid-19
Coronavírus

São Paulo tem mais de 200 mil pessoas recuperadas de Covid-19

Enem será feito em janeiro e fevereiro de 2021, afirma MEC
Educa Mais Brasil

Enem será feito em janeiro e fevereiro de 2021, afirma MEC