A-A+

Deslizamento de terra em Campos do Jordão deixa quatro mortos

O Corpo de Bombeiros diz que recebeu diversos chamados por causa das chuvas que caíram nesta madrugada no interior de São Paulo

Deslizamento de terra deixa quatro mortosDeslizamento de terra deixa quatro mortos - Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros

Deslizamentos de terra deixaram quatro mortos e sete feridos em Campos do Jordão, no interior paulista. O Corpo de Bombeiros diz que recebeu diversos chamados por causa das chuvas que caíram na região a partir da tarde de sexta-feira (13), de acordo com nota da corporação.

Segundo a prefeitura municipal de Campos do Jordão, equipes dos Bombeiros, da Defesa Civil, da Guarda Municipal, além de voluntários e outros agentes públicos, trabalharam durante toda a madrugada para socorrer as vítimas.

Leia também:
Homem morre em operação da PM de São Paulo em Heliópolis
Apac não prevê chuvas para este sábado no Recife
Corpos de vítimas de acidente aéreo são encontrados no mar

Os últimos corpos encontrados na manhã deste sábado (14) foram de dois meninos, de 13 e cinco anos, que estavam na casa da avó, no bairro Vila Britânia, que também faleceu.

Além das três mortes, a família teve outras cinco pessoas feridas -duas delas, de cinco e dois anos, seguem em observação, mas sem risco de morte. Duas casas no bairro foram interditadas e a Defesa Civil prepara levantamento de todas as ocorrências de deslizamentos.

A outra vítima fatal -um bebê de um ano e 11 meses- teve a casa atingida no bairro Monte Carlo. O pai e a mãe da criança, também feridos, já foram atendidos e liberados.

Ainda não há informação sobre velórios e enterros. De acordo com a nota da prefeitura, os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal de Taubaté. O prefeito Fred Guidoni cancelou eventos e decretou três dias de luto oficial.

Veja também

G20: Brasil vai priorizar temas como saúde, tecnologia e meio ambiente
Brasil

G20: Brasil vai priorizar temas como saúde, tecnologia e meio ambiente

Preocupação com falta de mão de obra cresce na indústria, diz CNI
CNI

Preocupação com falta de mão de obra cresce na indústria, diz CNI