Diretor de universidade é morto dentro de campus no Paraná; professor é preso

Segundo a polícia, a família do diretor informou que ele saiu de casa depois de ser contatado pelo professor para uma reunião

Professor Sérgio Roberto FerreiraProfessor Sérgio Roberto Ferreira - Foto: Divulgação

O professor Sérgio Roberto Ferreira, 60 anos, diretor do campus de Cornélio Procópio da Universidade Estadual do Norte do Paraná (Uenp), foi morto na noite desta quinta-feira (20) dentro da instituição. Ferreira, que trabalhava na universidade desde 1990, foi agredido dentro do campus, supostamente por um professor, que foi detido -ele não teve o nome revelado.

Segundo a polícia, a família do diretor informou que ele saiu de casa depois de ser contatado pelo professor para uma reunião. Ferreira foi encontrado caído na sala da diretoria por volta das 19h, com ferimentos na cabeça. Chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros à Santa Casa local, onde morreu.

Leia também:
Reitor afastado da UFSC é encontrado morto em shopping de Florianópolis
Secretário de Osasco, em SP, é assassinado a tiros


Policiais encontraram o professor suspeito em Teodoro Sampaio, município do interior de São Paulo distante a 220 quilômetros da cidade paranaense. Ainda conforme a polícia, ele confessou o assassinato e em sua casa foi encontrada uma espécie de machadinha que pode ter sido usada no crime.

Ferreira, que estava em seu segundo mandato como diretor do campus de Cornélio Procópio, desde 1990 era docente do curso de administração. Atuou também como coordenador e chefe de departamento.

A Uenp decretou luto oficial de três dias e informou ser com "imenso pesar" que comunicava a morte do diretor. "A Uenp presta condolências à família e amigos do professor", diz trecho do comunicado da universidade. O corpo do diretor será velado no cemitério de Cornélio Procópio, onde será enterrado às 17h desta sexta-feira (21).

Veja também

Caixa antecipa pagamento de terceira parcela do auxílio emergencial
Economia

Caixa antecipa pagamento de terceira parcela do auxílio emergencial

Receita e Anatel apreendem 16 mil desbloqueadores de TV por assinatura
Pirataria

Receita e Anatel apreendem 16 mil desbloqueadores de TV por assinatura