É possível fazer duas faculdades ao mesmo tempo?

Ingressar em um programa de dupla formação é uma opção para quem deseja realizar duas graduações simultaneamente

Dupla graduaçãoDupla graduação - Foto: Divulgação

Ingressar em um programa de dupla formação é uma opção para quem deseja realizar duas graduações simultaneamente. Criado em 2004, o projeto tem o intuito de acelerar a formação dos estudantes que sonham em cursar duas graduações ao mesmo tempo.

A dupla diplomação permite estudar as disciplinas comuns às duas áreas ao longo dos primeiros semestres para, em seguida, cursar as disciplinas específicas de cada uma das formações. O projeto, no entanto, é destinado à áreas que são consideradas complementares e possuem alguma relação entre si, como Administração e Contabilidade, Engenharia Civil e Arquitetura, Administração e Economia, entre outras.

Foi o que aconteceu com analista de eficiência energética Nara Marambaia. Aprovada no primeiro vestibular para Urbanismo, no ano de 1996, ela decidiu tentar, no ano seguinte, uma vaga para Arquitetura. Passou e teve que administrar as demandas de dois cursos simultaneamente. “A rotina acadêmica foi pesada. Tinha aula das 7h às 20h e virava muitas noites para fazer trabalhos e estudar”, conta.

O mais difícil foi conciliar estágio com as duas graduações. A solução para dar conta de tantas atividades foi reduzir a carga horária de uma das graduações. O esforço valeu a pena já que a dupla graduação torna o currículo mais competitivo e otimiza o período necessário a uma qualificação mais completa. “A dupla graduação tem vantagens pela complementariedade dos cursos, maior abertura para o mercado e mais opções de áreas de trabalho”, lista.

Apesar de ser uma experiência enriquecedora, conciliar duas faculdades requer organização, planejamento e muito empenho. Além disso, há algumas ressalvas para quem deseja seguir esse caminho. Como, por exemplo, o impedimento de cursar duas instituições públicas de ensino superior ao mesmo tempo. De acordo com a Lei 12.089 de 2009, não é possível fazer dois cursos de graduação na mesma universidade ou em instituições públicas distintas.

O impedimento também vale para os interessados em frequentar dois cursos de graduação ao mesmo tempo pelo Prouni. Isso porque o governo estabelece que só é permitido cursar a graduação em seus programas educacionais do ensino superior, como o Sisu e Prouni, caso o estudante não esteja matriculado em outro curso superior. O aluno pode realizar a matrícula e pleitear uma bolsa do Prouni mesmo estando matriculado em uma faculdade pública mas, sendo aceito, terá que optar entre um dos cursos.

Quem já está matriculado em uma faculdade particular pode concorrer ao Programa Universidade para Todos para conseguir uma bolsa parcial ou integral das mensalidades. No entanto, formados pelo Prouni não podem pleitear uma nova vaga pelo programa.

Se você já cursa uma faculdade pública, ou até mesmo particular, pode optar pela segunda graduação em uma faculdade particular contando com apoio de uma bolsa de estudo do Educa Mais Brasil, maior programa de inclusão educacional do país. Para isso, basta realizar a sua inscrição no site www.educamaisbrasil.com.br. Os descontos podem chegar a 70% do valor das mensalidades.

Veja também

Confaz aprova isenção do oxigênio hospitalar
Coronavírus

Confaz aprova isenção do oxigênio hospitalar

Davi Alcolumbre agora quer ser vice no Senado ou ministro
Política

Davi Alcolumbre agora quer ser vice no Senado ou ministro