Em Campinas, homem mata 12 pessoas em festa da Réveillon

Entre as vítimas estão a ex-mulher do atirador e o filho do casal. Homem se matou em seguida

Senador Fernando Bezerra CoelhoSenador Fernando Bezerra Coelho - Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Em Campinas, 12 pessoas foram mortas quando comemoravam a virada do ano. De acordo com a Polícia Militar (PM), um homem invadiu a casa, onde o grupo celebrava o Réveillon, e abriu fogo contra os presentes. Em seguida, ele se matou.

A polícia informou que o crime ocorreu depois da meia-noite. Segundo informações divulgadas pela imprensa, entre as vítimas estão a ex-mulher do atirador e o filho do casal. A PM não confirmou as informações. Outras quatro pessoas foram socorridas e levadas para hospitais da região.

Veja também

Ideologia levam médicos a receitar tratamento precoce contra Covid, diz presidente da AMB
Medicina

Ideologia levam médicos a receitar tratamento precoce contra Covid, diz presidente da AMB

Máscaras e isolamento continuam essenciais, dizem especialistas
Pandemia

Máscaras e isolamento continuam essenciais, dizem especialistas