A-A+

Ex-corregedor de secretaria é preso em SP por suspeita de propina

A prisão foi feita pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão à Formação de Cartel e à Lavagem de Dinheiro e de Recuperação de Ativos (Gedec)

Marcos Vinícius VannuchiMarcos Vinícius Vannuchi - Foto: Reprodução

O Ministério Público de São Paulo prendeu nesta quinta-feira (6) o ex-corregedor da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, Marcos Vinícius Vannuchi.

A prisão foi feita pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão à Formação de Cartel e à Lavagem de Dinheiro e de Recuperação de Ativos (Gedec), em Itatiba, no interior paulista.

Outros nove mandados de busca e apreensão foram cumpridos em parceria com a Receita Federal.De acordo com as investigações, Vannuchi é suspeito de cobrar propina de fiscais investigados pela corregedoria.

Leia também:
STJ determina que médium João de Deus volte para a prisão
Lula está apaixonado e quer se casar após prisão, diz ex-ministro


Ele tinha sido afastado do cargo na última sexta-feira, mas vinha sendo investigado pelo Gedec há um ano.Vanucchi foi preso na casa da ex-esposa, de quem se separou passando todo seu patrimônio para o nome dela.

“A separação era uma fraude para que ele pudesse se livrar do patrimônio ilícito”, segundo as investigações.

Vários bens de Vanucchi foram sequestrados. As investigações criminais prosseguem para apurar o esquema de corrupção e de lavagem de dinheiro.

Veja também

MEC divulga resultado preliminar do Censo Escolar da Educação Básica
Educação

MEC divulga resultado preliminar do Censo Escolar da Educação Básica

Após Queiroga testar positivo para Covid-19, Anvisa recomenda quarentena para comitiva de Bolsonaro
Ministro da Saúde

Após Queiroga testar positivo, Anvisa pede quarentena para comitiva de Bolsonaro