A-A+

Facebook bane contas de personalidades de ultradireita e antissemitas

Contas com o mesmo perfil também foram removidas do Instagram

O fundador e presidente-executivo do Facebook, Mark ZuckerbergO fundador e presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg - Foto: Chip Somodevilla / AFP

O Facebook anunciou que baniu permanentemente de suas plataformas pessoas e organizações antissemitas ou de ultradireita por serem considerados "perigosas".Entre eles, estão o líder do movimento Nação de Islã, Louis Farrakhan, os militantes Milo Yiannopoulos e Laura Loomer e o editor do blog conspiratório Infowars, Alex Jones.

A empresa afirmou que removeu as contas, fã pages e grupos afiliados a esses usuários do Facebook e do Instagram após reavaliar o conteúdo que eles postaram previamente ou reexaminar suas atividades fora das redes sociais, afirmou a empresa. A página do Infowars também foi banida.

Leia também:
A exemplo do Tinder, Facebook lança namoro pelo aplicativo no Brasil
Facebook armazenou 'milhões' de senhas do Instagram sem criptografá-las
Botão do Facebook vai mostrar critérios para escolha de post no feed


"Sempre banimos indivíduos ou organizações que promovem ou se engajam em violência e ódio, independentemente de ideologia. O processo de avaliar potenciais violadores é extenso e foi o que nos levou à decisão de remover essas contas hoje", afirmou o comunicado da companhia.

Veja também

Ursa parda do Parque Dois Irmãos será transferida para santuário ecológico em São Paulo
Folha Pet

Ursa parda do Parque Dois Irmãos será transferida para santuário ecológico em São Paulo

MTST e frente Povo Sem Medo ocupam prédio da Bolsa de Valores de SP em protesto contra a fome
Brasil

MTST e frente Povo Sem Medo ocupam prédio da Bolsa de Valores de SP em protesto contra a fome