Faculdade de Salvador é a primeira a ofertar o curso de psicopedagogia no estado

O Centro Universitário Jorge Amado é o responsável pela novidade

Esta é a primeira graduação ofertada neste campo de conhecimento na BahiaEsta é a primeira graduação ofertada neste campo de conhecimento na Bahia - Foto: Divulgação/Educa Mais Brasil

Você se interessa por estudos sobre aprendizagem humana ou gostaria de entender como construímos o nosso conhecimento? Se respondeu ‘sim’ para algumas das alternativas, talvez, a psicopedagogia tenha tudo a ver com você. E caso queira dá uma chance para área, é importante saber, que o Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge) está trazendo a Psicopedagogia para sua grade de cursos a partir do primeiro semestre deste ano.

Essa é a primeira graduação ofertada neste campo de conhecimento no estado da Bahia. “Traremos uma grande curricular que focará também no âmbito institucional da área, auxiliando nas estratégias de contratação e promoção de pessoal, bem como orientação de carreira e colaboração em programas de reorientação profissional”, detalha o coordenador do curso, professor Edinaldo Neves.

Os discentes contarão com um laboratório de ensino, que permitirá o aprendizado mais lúdico a partir de uma brinquedoteca instalado no local. Além disso, o estágio prático poderá ser feito no laboratório de clínica psicológica, onde são atendidas pessoas que sofrem com questões de natureza emocional.

Leia também: 
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Enem, Sisu, Fies e Prouni: veja o calendário para o ensino superior em 2019.1
Provas em Libras do Enem são divulgadas


Após o curso, os mesmo estarão aptos a atuar em diferentes segmentos – espaços escolares, organizações e clínicas psicológicas. Em relação à pioneirismo da Unijorge, a coordenadora e professora do curso de Pedagogia da Unijorge ressaltou que há uma demanda da comunidade acadêmica, interna, especialmente dos cursos de licenciaturas. “Até bem pouco tempo, a formação em Psicopedagogia era realizada exclusivamente em nível de pós-graduação. Atualmente, já temos alguns cursos da área reconhecidos no Brasil e a Associação Brasileira de Psicopedagogia (ABPp) orienta e recomenda a criação de novos”, concluiu Tatiane Lima.

Conhecendo a carreira
Segundo o dicionário brasileiro, psicopedagogia significa: ciência aplicada que consiste em aliar a psicologia à pedagogia, ou seja, psicologia da educação. Segundo a ABPp, o significado é semelhante: a Psicopedagogia é a área de conhecimento, atuação e pesquisa que lida com o processo de aprendizagem humana, visando o apoio aos indivíduos e aos grupos envolvidos neste processo, na perspectiva da diversidade e da inclusão.

Ainda segundo o ABPp, o psicopedagogo é o profissional habilitado para atuar com os processos de aprendizagem junto aos indivíduos, aos grupos, às instituições e às comunidades. Desde 2002 pela Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) do Ministério do Trabalho e Emprego (TEM), a Psicopedagogia foi inserida na Família Ocupacional 2394-25 dos Programadores, Avaliadores e Orientadores de Ensino.

Esta formação é regulamentada pelo Ministério da Educação (MEC) em cursos de pós-graduação e especialização, com carga mínima de 360 horas, sendo que a maioria dos cursos são oferecidos com 600 horas ou mais, conforme orientação da ABPp estabelecida nas Diretrizes Básicas de Formação de Psicopedagogos no Brasil. Agora, a intenção do órgão, é regulamentar o exercício da atividade.

Raio X da profissão
Essa carreira consiste em um saber científico que une, principalmente, os conhecimentos da Psicologia e da Pedagogia. Entretanto, é uma área multidisciplinar, e abraça também conhecimentos da neurologia, psicolinguística e antropologia.
  
No seu âmbito de ofício, o objetivo do psicopedagogo é identificar problemas, como dificuldades, distúrbios ou transtornos. Além disso, ele aplica métodos para um melhor desempenho, desenvolvendo ações de prevenção ou de correção desses problemas.

A graduação de psicopedagogia na Unijorge dura, em média, 4 anos e as mensalidades custam R$680. Esse valor, ainda pode ficar mais em conta com uma das bolsas de estudo oferecidas pelo Educa Mais Brasil, maior programa de inclusão educacional do país. Ao todo, 900 mil alunos já foram beneficiados com as bolsas de estudo disponibilizadas em mais de 5 mil municípios brasileiros.

O programa é parceiro de mais de 30 mil instituições de ensino. Animou? Não perca tempo. Acesse o site e confira as oportunidades disponíveis na sua região. É gratuito.

Veja também

Corregedora vai ouvir juíza que desafia CNJ e critica máscara
Coronavírus

Corregedora vai ouvir juíza que desafia CNJ e critica máscara

Caixa é o novo operador do seguro DPVAT, diz Susep
DPVAT

Caixa é o novo operador do seguro DPVAT, diz Susep