Brasil

Forças de segurança encontram três túneis em Alcaçuz

Governo alega que não há vestígios de que os túneis tenham sido usados

Penitenciária de Alcaçuz, no Rio Grande do NortePenitenciária de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte - Foto: Andressa Anholete/AFP

Os três túneis encontrados no domingo (22) e na manhã desta segunda-feira (23) em Alcaçuz, Rio Grande do Norte, já foram fechados pela equipe do presídio. De acordo com a Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania (Sejuc), não há registro oficial de fugas, mas, como os presos estão livres no interior da unidade, só é possível ter a certeza com a recontagem da população carcerária.

Os túneis foram encontrados por agentes penitenciários e pela Força Nacional e Polícia Militar (PM) em uma ronda externa. De acordo com a assessoria de comunicação da Sejuc, todos estavam tampados com terra pelo lado de fora. Com a chuva de domingo na região, o solo cedeu e exibiu os buracos.

Dois deles partiam da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, controlado pelo Sindicato do Crime do RN, e foram fechados no domingo mesmo. O terceiro túnel saía da área administrativa do Presídio Rogério Coutinho Madruga, chamado de Pavilhão 5, já que também fica em Alcaçuz. É o lado em que o Primeiro Comando da Capital (PCC) exerce o controle.

A Sejuc alega que não há vestígios de que os túneis tenham sido usados. Porém, como a contagem de presos não é possível porque os detentos estão livres dentro do presídio, não se pode dizer com certeza que a fuga não ocorreu.

Muro entre facções

A Sejuc informou ainda que a segunda fileira de contêineres do muro que separa as duas facções não foi instalada no sábado, como divulgado pelo comando da Polícia Militar (PM), porque a máquina que iça os blocos quebrou. A previsão é que a operação seja finalizada assim que o equipamento for consertado.

A assessoria de comunicação informou também que os módulos de concreto armado que formarão o muro definitivo já estão sendo construídos. Ainda não há previsão para o início dessa instalação.

Reparos

Hoje de manhã, no telhado do presídio, era possível acompanhar a movimentação de presos fazendo reparos e recolocando telhas para recobrir um dos pavilhões.

Veja também

Revalida 2022 aplica segunda etapa de provas neste sábado (25) e no domingo (26)
Educação

Revalida 2022 aplica segunda etapa de provas neste sábado (25) e no domingo (26)

Tragédia de Mariana: Justiça suspende exigências impostas a atingidos
Brasil

Tragédia de Mariana: Justiça suspende exigências impostas a atingidos