Francesa presta queixa por estupro em Tibau do Sul

Segundo informações do portal de notícias G1, a vítima seria consulesa. A Embaixada da França em Brasília não quis se pronunciar, explicando querer "preservar a vítima, sua identidade e sua intimidade"

Tibau do SulTibau do Sul - Foto: divulgação

Uma cidadã francesa prestou queixa por estupro em uma delegacia de Tibau do Sul, a 70 km de Natal, capital do Rio Grande do Norte, anunciou nesta sexta-feira (16) à AFP uma fonte da Polícia Civil.

"Uma cidadã francesa compareceu na terça-feira na delegacia e prestou queixa por um crime de caráter sexual. Uma investigação foi aberta", explicou Valdo Pimentel, diretor regional da Polícia Civil potiguar, sem revelar a identidade da vítima.

Segundo o portal de notícias G1, a vítima é uma "consulesa". A embaixada da França em Brasília não quis se pronunciar, explicando querer "preservar a vítima, sua identidade, sua segurança e sua intimidade, assim como a investigação da Polícia".

Citado pelo G1, o delegado Luciano Augusto, encarregado do caso, explicou que a vítima disse ter sido violentada em uma casa de amigos que a hospedaram durante o carnaval.

"Ela relatou que o crime aconteceu por volta das 2h. Ela estava dormindo em um quarto quando um homem entrou e jogou água nela. Foi quando ele a violentou. Não houve reação. O casal que estava na casa não percebeu o que estava acontecendo", relatou o delegado.

Tibau do Sul é famosa pela praia de Pipa, que atrai muitos turistas por ser considerada uma das mais belas do Brasil.

Veja também

Operação Ábdito da PF apura morte de indígenas em Roraima
Investigação

Operação Ábdito da PF apura morte de indígenas em Roraima

Hospital de Bonsucesso suspende atendimentos e passará por reforma
Rio de Janeiro

Hospital de Bonsucesso suspende atendimentos e passará por reforma