A-A+

Homem atropela 17 em bar em SP após discutir com a esposa

O homem está internado com escolta policial

Nova Independência fica no extremo oeste de São PauloNova Independência fica no extremo oeste de São Paulo - Foto: reprodução

O motorista que atropelou 17 pessoas – matando dois homens – em um bar no centro de Nova Independência, interior paulista com pouco mais de 2 mil habitantes, na noite desse domingo (26), está internado com escolta policial.

De acordo com a Polícia Militar, o mecânico Paulo Alves da Silva, de 48 anos, estava no bar com a esposa quando os dois começaram a discutir. Homens que estavam no local defenderam a mulher e Silva teria discutido com eles.

O marido saiu do bar e voltou depois com a caminhonete em alta velocidade indo em direção às pessoas que estavam do lado de fora do bar. Populares que estavam no local agrediram o motorista e tentaram linchá-lo. Os feridos foram socorridos e encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e Santa Casa de Andradina.

Dois homens, um de 56 anos e outros de 26, morreram. Os feridos estão sendo liberados aos poucos do hospital.

Silva foi preso em flagrante por homicídio doloso, embriaguez ao volante e posse ilegal de munição, que foi encontrada dentro do veículo. Ele também foi levado para o hospital onde está internado, com escolta policial, sem previsão de alta.

Veja também

Mais de 18 milhões de brasileiros estão com a segunda dose da vacina anticovid atrasada
Vacinação

Mais de 18 milhões de brasileiros estão com a segunda dose da vacina anticovid atrasada

Motorista de ônibus diz que foi questionado por ser gay e reação viraliza
Brasil

Motorista de ônibus diz que foi questionado por ser gay e reação viraliza