Homem é preso por divulgar blitz no WhatsApp em Rondônia

Segundo a PRF, o homem apresentou comportamento que despertou a desconfiança dos policiais

Homem foi preso com o celular que mostrava as mensagens enviadasHomem foi preso com o celular que mostrava as mensagens enviadas - Foto: Divulgação/PRF-RO

Um homem foi preso por divulgar em um grupo do WhatsApp uma blitz da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Porto Velho, capital de Rondônia. A prisão aconteceu no fim da tarde dessa quarta-feira (26), por volta das 17h (horário local), quando o suspeito foi abordado em uma fiscalização de rotina dos rodoviários no quilômetro 58 da BR-319.

Segundo a PRF, o homem apresentou comportamento que despertou a desconfiança dos policiais. Ele usava uma tornozeleira eletrônica do sistema prisional e confessou, de acordo com a PRF, ter feito a foto da equipe e divulgado a blitz no aplicativo de mensagens.

Leia também:
Blitz educativa orienta motoristas na avenida Caxangá
Fiscalização reforçada e lombadas desligadas para o feriadão de Natal em PE


Esse tipo de conduta é considerada crime e está contido no artigo 265 do Código Penal Brasileiro, que prevê as obstruções contra segurança e funcionamento de serviços de utilidade pública. O homem - que não teve a identidade divulgada pela PRF - foi encaminhado à Central de Flagrantes da Polícia Civil de Rondônia.

Veja também

'Eu não sabia o tamanho que meu filho representava', diz mãe de Paulo Gustavo
SAUDADE

'Eu não sabia o tamanho que meu filho representava', diz mãe de Paulo Gustavo

STF vai definir se empresa pode demitir em massa sem negociação coletiva
Trabalho

STF vai definir se empresa pode demitir em massa sem negociação coletiva