Índios fecham a BR-101, nas proximidades da divisa entre PE e AL

Bloqueio teve início na última quarta. Índios cobram a demarcação de terras e saneamento básico

Índios realizam manifestação na BRÍndios realizam manifestação na BR - Foto: Divulgação/PRF

Os índios da tribo Wassu-cocal permanecem bloqueando, nesta quinta-feira (20), a BR-101, nas proximidades do quilômetro 23, em Joaquim Gomes, Alagoas. O município fica ao lado de Novo Lino, na divisa com Pernambuco.

A manifestação teve início na última quarta-feira (19). Os superintendentes da Polícia Rodoviária Federal, Fundação Nacional do Índio (Funai) e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) de Alagoas se reuniram com os índios. Algumas das reivindicações deles foram enviadas para análise em Brasília, mas as respostas só poderão ser dadas nesta quinta.

Os índios cobram a demarcação de terras e a implantação de saneamento básico e transporte escolar no local. A PRF orienta que quem quer sair de Alagoas para Pernambuco ou de Pernambuco para Alagoas deve trafegar pela BR-104 ou pelo Litoral, por meio das rodovias estaduais. Os motoristas que utilizam a BR-101 teriam que pegar o acesso para a BR-104, em Palmares.

Veja também

Elefante-marinho vira atração de surfistas e banhistas no Rio
Rio de Janeiro

Elefante-marinho vira atração de surfistas e banhistas no Rio

Em carta, técnicos do Inpe denunciam estrutura paralela de gestão e citam riscos
INPE

Em carta, técnicos do Inpe denunciam estrutura paralela de gestão e citam riscos