A-A+

Justiça manda soltar filho do pedreiro Amarildo

Rapaz foi preso em flagrante em outubro de 2017, e denunciado por posse de drogas e de arma e de associação ao tráfico

AlgemasAlgemas - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

O juiz Roberto Câmara Lacé Brandão, da 31ª Vara Criminal, determinou o relaxamento da prisão de Amarildo Gomes da Silva, filho do ajudante de pedreiro Amarildo de Souza, assassinado na Rocinha em 2013, cujo corpo não foi encontrado até hoje. O rapaz foi preso em flagrante em outubro de 2017, e denunciado por posse de drogas e de arma e de associação ao tráfico.

Leia também:
Filho de pedreiro Amarildo é preso na Rocinha por suspeita de tráfico


De acordo com o juiz, o prazo da prisão preventiva foi extrapolado, já que o Ministério Público estadual ainda não apresentou na denúncia as provas que justifiquem a permanência de Amarildo na cadeia.

Na decisão, determinando a soltura do réu, o juiz Roberto Câmara observa que, "passados mais de três meses, a prova oral acusatória sequer foi iniciada, sendo que as delongas na instrução não podem ser atribuídas nem ao réu, nem a sua defesa técnica. A custódia cautelar sendo mantida nessas condições, estaria a ensejar inegável constrangimento ilegal por excesso de prazo”.

Veja também

Brasil fechará fronteiras aéreas para seis países africanos devido à nova variante do coronavírus
Ômicron

Brasil fechará fronteiras aéreas para seis países africanos devido à nova variante do coronavírus

Lei que garante bolsas para docentes da educação básica é sancionada
Educação

Lei que garante bolsas para docentes da educação básica é sancionada