Justiça recebe denúncia contra manifestantes bolsonaristas que ameaçaram ministro do STF

Réus são acusados de ameaçar, injuriar e difamar Alexandre de Moraes

Ministro do STF Alexandre de MoraesMinistro do STF Alexandre de Moraes - Foto: Wikipedia

O juiz da 22ª Vara Criminal da Barra Funda, em São Paulo, recebeu nesta terça-feira (12) a denúncia contra dois manifestantes acusados de ameaçar, injuriar e difamar o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

No começo do mês, os acusados participaram de protesto em frente ao prédio onde mora o ministro, em São Paulo, após o magistrado suspender a nomeação do escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para o cargo de novo diretor da Polícia Federal, Alexandre Ramagem.

Leia também:
STF dá 48 horas para PGR se manifestar sobre sigilo de vídeo em que Bolsonaro teria ameaçado Moro
Bolsonaristas protestam em frente à casa de Alexandre de Moraes

O juiz Márcio Lucio Falavigna Sauandag considerou presentes indícios de autoria e materialidade delitivas e tornou ambos réus no processo. Pelos crimes descritos na denúncia e pelas possíveis penas, o caso vai tramitar em vara comum.

Veja também

Fiocruz entrega 2,2 milhões de doses de vacinas ao PNI
IMUNIZANTE

Fiocruz entrega 2,2 milhões de doses de vacinas ao PNI

MP prorroga vigência de medidas excepcionais durante a pandemia
PANDEMIA

MP prorroga vigência de medidas excepcionais durante a pandemia