Malala visita projeto de grafite e desenha rosto de Marielle no Rio

A ativista também recebeu de presente um quadro e foi homenageada com um grafite

Malala ao lado de stencil de Marielle FrancoMalala ao lado de stencil de Marielle Franco - Foto: Reprodução/Instagram

Após visitar São Paulo e Salvador, a ativista paquistanesa Malala Yousafzai, vencedora do Prêmio Nobel da Paz em 2014, desembarcou no Rio de Janeiro e conheceu na tarde da quarta-feira (11) um projeto que aborda os direitos da mulher negra por meio do grafite. Trata-se do AfroGrafiteiras, desenvolvido pela Rede Nami. 

Malala visitou um dos locais onde o projeto é desenvolvido: a comunidade Tavares Bastos, no bairro do Catete, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Ali, conheceu obras de mais cem artistas colorem muros no local. Convidada, a paquistanesa se arriscou no spray e deixou um registro próximo a uma imagem da vereadora Marielle Franco, símbolo da luta pelo direito das mulheres, assassinada em março deste ano. A ativista também recebeu de presente um quadro e foi homenageada com um grafite.

Leia também:
No Brasil, Malala defende que a educação é o melhor investimento
'Apoio chegou no momento certo', diz pernambucana escolhida por Malala


"Usamos o grafite como forma de educação. Esperamos que, através dele, as mulheres consigam entender os seus direitos", explica a grafiteira Panmela Castro, fundadora da Rede Nami. Ela defende a arte de rua como um instrumento para expressar inquietações e incentiva as mulheres a se aventurarem pelo grafite e promoverem mudança por meio dele.

Panmela já coloriu paredes em diferentes cidades do mundo, como Berlim, Toronto e Joanesburgo. Sua trajetória na arte remonta a 2008, quando criou o projeto "Grafiteiras pela Lei Maria da Penha", que promove oficinas em escolas públicas. No projeto AfroGrafiteiras, a cada ano uma turma de mulheres participa de um curso de oito meses. Chegando em sua quarta edição, a iniciativa já soma mais de cem beneficiadas.

Após a visita à comunidade Tavares Bastos, Malala assistiu à partida da semifinal da Copa do Mundo entre Croácia e Inglaterra em um quiosque de Copacabana, acompanhada de seu pai. A previsão é de que ela fique no Rio até sexta-feira (13). A ativista comemora seu aniversário nesta quinta (12), quando completará 21 anos.

Veja também

Novo apagão atinge cidades do Amapá
BLECAUTE

Novo apagão atinge cidades do Amapá

Brasil aplica mais de 1,7 milhão de vacinas contra Covid em 24h
MARCA

Brasil aplica mais de 1,7 milhão de vacinas contra Covid em 24h