Mendes indiciado por três mortes em Portugal

Dinai Alves Mendes, que era namorado de uma delas, foi indiciado

 

A Polícia Federal concluiu o inquérito que apurou o assassinato de três brasileiras que viviam em Portugal. Dinai Alves Mendes, que era namorado de uma delas, foi indiciado por três homicídios triplamente qualificados, roubo e ocultação de cadáveres e invasão de dispositivos informáticos. O inquérito agora será remetido para a apreciação da Justiça Federal.

Mendes está preso provisoriamente des­de setembro do ano passado em um presídio de Minas Gerais. Ele havia retornado ao Brasil e foi localizado pela Polícia Federal. Se condenado, suas penas podem superar 100 anos de prisão.

 

Veja também

Pacientes de Manaus chegam ao Hospital das Clínicas, da UFPE, neste sábado (23)
Coronavírus

Pacientes de Manaus chegam ao Hospital das Clínicas, da UFPE, neste sábado (23)

À frente do combate à Covid-19, presidente da Vigilância Sanitária morre vítima da doença em Manaus
Coronavírus

À frente do combate à Covid-19, presidente da Vigilância Sanitária morre vítima da doença em Manaus