Minas Gerais confirma sete mortes por febre amarela

Até o momento, não havia nenhuma morte confirmada em Minas Gerais pela doença

Mosquito é transmissor da doençaMosquito é transmissor da doença - Foto: Divulgação

Pelo menos sete mortes por febre amarela foram confirmadas em Minas Gerais. A informação é da Secretaria de Saúde do estado, que recebeu a notificação dos óbitos por meio do Instituto Evandro Chagas.

Leia mais:
 Minas contabiliza 152 casos suspeitos de febre amarela e investiga 47 mortes

Até o momento, não havia nenhuma morte confirmada em Minas Gerais pela doença. O último boletim epidemiológico contabilizava 184 casos notificados da doença, sendo 37 casos prováveis, além de 53 óbitos suspeitos, sendo 22 óbitos prováveis por febre amarela.

O Ministério da Saúde já foi informado sobre a confirmação das mortes em Minas Gerais e fará, no início da tarde desta quarta-feira (18), uma videoconferência com o governo do estado e com o governo do Espírito Santo, onde também foram identificados casos da doença.

A previsão da pasta é que, até o fim da tarde, seja divulgado um boletim mais detalhado sobre o surto de febre amarela em ambos os estados.

Veja também

Pacheco quer votar novo Refis no Senado nas primeiras semanas de maio
Congresso

Pacheco quer votar novo Refis no Senado nas primeiras semanas de maio

Fiocruz diz que vacina de Oxford tem efetividade contra variante P.1
Vacinas

Fiocruz diz que vacina de Oxford tem efetividade contra variante P.1