Brasil

Ministro da Justiça lamenta mortes de presos em rebelião no RN

Alexandre de Moraes autorizou parte dos R$ 13 milhões do Funpen para modernização e aquisição de equipamentos para a Penitenciária Estadual de Alcaçuz

Vagas de empregoVagas de emprego - Foto: Pixabay

O ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, lamentou as mortes ocorridas na rebelião na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia da Floresta, na região metropolitana de Natal. De acordo com o governo estadual, pelo menos dez presos morreram.

No comunicado, o ministro "agradece, em nome do presidente Michel Temer, o empenho das forças policiais que atuaram em defesa da sociedade, evitando fugas e controlando a situação".

O ministério confirma que o governador Robson Faria entrou em contato com o ministro Alexandre de Moraes e comunicou o fim da rebelião. De acordo com o ministério, Faria agradeceu o apoio da Força Nacional.

Conforme a nota, a pedido do governador, o ministro autorizou "que parte dos R$ 13 milhões do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), liberados no dia 29 de dezembro de 2016 para modernização e aquisição de equipamentos, seja utilizada em construções que reforcem a segurança no presídio".

Veja também

Faturamento da indústria de máquinas tem queda de 11,6% em abril
indústria

Faturamento da indústria de máquinas tem queda de 11,6% em abril

Campanha incentiva adoção de crianças e adolescentes com deficiência
adoção

Campanha incentiva adoção de crianças e adolescentes com deficiência