Ministro diz que MEC vai acelerar análise de projetos para Janaúba

Na semana passada, o governo federal anunciou a liberação de R$ 3,7 milhões para a construção de duas creches e a conclusão de uma quadra esportiva na cidade

Ministro da educação, Mendonça FilhoMinistro da educação, Mendonça Filho - Foto: Reprodução/Internet

O ministro da Educação, Mendonça Filho, esteve nesta segunda-feira (16) no município de Janaúba, no norte de Minas Gerais, para reiterar o compromisso do governo federal em apoiar o município depois do incêndio na creche Gente Inocente.

Segundo o ministro, o MEC vai acelerar a análise dos projetos para a expansão da rede de educação da cidade. “As providencias técnicas e burocráticas, do ponto de vista da apresentação de projetos e propostas, devem ser seguidas pela prefeitura. A disposição do MEC é acelerar os procedimentos de análise para que possamos liberar os recursos e fazer com que as obras possam ganhar a dinâmica de execução na maior e melhor velocidade possível”, afirmou.

Leia também:
Governo libera R$ 8,7 milhões para ações de apoio à tragédia de Janaúba
Creche incendiada em Janaúba será reinaugurada em 80 dias
Morre mais uma criança vítima do ataque à creche em Janaúba
Professora que morreu ao salvar crianças em Janaúba recebe Ordem do Mérito
Dezoito crianças vítimas de tragédia em creche deixam hospital em Janaúba
MP quer saber se estado foi negligente com saúde mental de vigia de creche
Vigia de creche agendou crime para aniversário de 3 anos da morte de pai
Vigilante de creche ateia fogo em crianças em Minas Gerais


Na semana passada, o governo federal anunciou a liberação de R$ 3,7 milhões para a construção de duas creches e a conclusão de uma quadra esportiva na cidade. Na área de saúde, R$ 4 milhões deverão ser destinados a dois hospitais onde as vítimas recebem atendimento e R$ 1 milhão para o reembolso de gastos da prefeitura de Janaúba.

Tragédia
Na manhã da último dia 5, o vigia Damião Soares dos Santos, de 50 anos, que trabalhava na creche e estava de licença médica, entrou no local e ateou fogo em crianças, professoras e nele mesmo. Foram 11 os mortos – nove crianças, uma professora e o autor do ataque. Pelo menos 48 pessoas ficaram feridas.

Veja também

Estudante brasileira descobre, aos 16 anos de idade, um asteroide
Astronomia

Estudante brasileira descobre, aos 16 anos de idade, um asteroide

Brasil já perdeu mais de 0,1% de sua população para a Covid-19
Coronavírus

Brasil já perdeu mais de 0,1% de sua população para a Covid-19