Padre polonês é assassinado no DF após celebrar missa

Corpo do padre foi encontrado com sinais de estrangulamento. Ele estava com pés e mãos amarrados com arames.

Corpo do padre foi encontrado com sinais de estrangulamentoCorpo do padre foi encontrado com sinais de estrangulamento - Foto: Reprodução/Facebook

Um padre polonês foi assassinado na noite de sábado (21) em uma igreja na quadra 702 da Asa Norte, região central de Brasília (DF), algum tempo após celebrar uma missa. O corpo de Kazimerez Wojn (mais conhecido como padre Casemiro), de 71 anos, foi encontrado em sua casa, que fica no terreno dos fundos da Paróquia Nossa Senhora da Saúde, com sinais de estrangulamento. Ele estava com pés e mãos amarrados com arames.

Em nota, a secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal disse ter havido latrocínio (roubo seguido de morte), já que a casa estava revirada e alguns pertences foram levados. De acordo com o boletim de ocorrência, o crime correu entre 18h30 e 21h40. Após a missa, o padre teria sido abordado por pelo menos quatro homens e obrigado a entregar seus pertences.

Leia também:
'Sabe que me fez bem?', diz padre Fábio de Melo sobre saída do Twitter
Arquidiocese abre preparação para Congresso Eucarístico Nacional  


No momento do crime, o caseiro estava presente e também foi rendido, de acordo com a polícia. Investigadores buscam acesso a câmeras de segurança para tentar identificar os autores. A secretaria de Segurança do DF lamentou o ocorrido, disse que o caso "interrompe um período de dois anos sem esse tipo de delito nessa região da cidade" e que todos os esforços estão sendo feitos para "identificar e prender" os autores. Alguns suspeitos foram ouvidos no domingo (22).

O corpo do padre Casemiro foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) no início da noite do domingo, segundo o site Metrópoles. O velório do sacerdote aconteceu na manhã desta segunda-feira (23), na paróquia onde ele atuava. O arcebispo de Brasília, dom Sérgio Rocha, celebra uma missa no local às 14h. O sepultamento será a partir das 16h30, no cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul.

Arquidiocese
Em nota, a Arquidiocese de Brasília convidou para o velório do padre Casemiro e informou que acompanha o caso. Leia a íntegra:

É com pesar que a Arquidiocese de Brasília comunica o falecimento, nesta noite de sábado (21/9), do Padre Kazimerez Wojn ( conhecido como Casemiro), pároco do Santuário Nossa Senhora da saúde, na 702 norte.

Nascido na Polônia, o Pe. Casimiro tinha 71 anos de idade e 46 anos de sacerdócio.

A Arquidiocese está acompanhando o caso.

Convidamos a todos para participarem do velório e da missa e exéquias na Paróquia N. Sra. da Saúde, em horários a serem divulgados tão logo possível.

Rezemos por sua alma, sua familia e sua comunidade paroquial.

Veja também

1% mais rico emite o dobro de CO2 que a metade mais pobre da população
Clima

1% mais rico emite o dobro de CO2 que a metade mais pobre da população

Apesar de indesejada, a lombalgia é a segunda maior causa de busca por atendimento médico
Vida Plena

Apesar de indesejada, a lombalgia é a segunda maior causa de busca por atendimento médico