Peruano é detido no aeroporto de Guarulhos tentando embarcar com aves silvestres

Homem foi indiciado por crime ambiental e também por tentar transportar espécime da fauna silvestre sem a devida autorização legal

Canários belgas foram encontrados presos em pequenas caixas dentro da mochila do peruanoCanários belgas foram encontrados presos em pequenas caixas dentro da mochila do peruano - Foto: Divulgação/Polícia Federal

Um peruano foi detido no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo, quando tentava embarcar para o Perú com 26 canários belgas que estavam em pequenas caixas dentro de uma mochila. Segundo a Polícia Federal, ele foi indiciado por crime ambiental, pois portava os pássaros silvestres, e também por tentar transportar espécime da fauna silvestre sem a devida autorização legal. Ele também foi indiciado por maus-tratos.

Leia também
Quinze aves, seis timbus e uma preguiça são resgatados pela CPRH


Ao ser abordado por servidores da Receita Federal no aeroporto, o peruano disse que era colecionador de aves, mas não tinha os documentos que comprovassem a origem dos pássaros. Ele informou aos policiais que adquiriu as aves em Itatiba, no interior paulista, e pagou R$ 6 mil por elas. Ele se negou a informar o local onde adquiriu os canários.

Os pássaros foram encaminhados ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Veja também

Secretário de Saúde de Pernambuco critica entraves diplomáticos que afetam vacinação no Brasil
Covid-19

Longo critica entraves diplomáticos à vacina: "Não podem colocar em xeque a saúde dos brasileiros"

Mega-Sena acumula e prêmio vai para R$ 22 milhões
Economia

Mega-Sena acumula e prêmio vai para R$ 22 milhões