Brasil

PF prende suspeito de divulgar pornografia infantil na internet

No momento da prisão, o suspeito carregava arquivos digitais contendo imagens pornográficas de crianças e adolescentes.

AlgemasAlgemas - Foto: internet

A Polícia Federal prendeu em flagrante, nesta quinta-feira,  na região metropolitana de Salvador, um suspeito de divulgar imagens pornográficas de crianças na internet. A instituição declarou que não vai divulgar o nome do preso, de 39 anos, nem a cidade onde ele praticava o crime.

No momento da prisão, o suspeito carregava arquivos digitais contendo imagens pornográficas de crianças e adolescentes. Segundo a Polícia Federal, as investigações era feitas desde 2015, depois que a polícia internacional (Interpol) passou informações de um internauta brasileiro que disponibilizava esse tipo de material em redes sociais da Polônia.

A partir das informações, a PF identificou o suspeito e o local de onde ele acessava a internet. Por meio de uma autorização judicial, os agentes realizaram as buscas e apreensões e a prisão do homem. Entre os itens apreendidos estão cartões de memória, HDs e pendrives com as imagens que justificaram o flagrante. O material foi encaminhado para uma perícia que deve apurar a divulgação do material ilegal.

De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, “adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente” é crime.

Caso condenado, o homem pode pegar de 1 a 4 anos de prisão.

Veja também

Falsa biomédica presa atraía clientes para procedimentos estéticos no RJ pelas redes sociais
Crime

Falsa biomédica presa atraía clientes para procedimentos estéticos no RJ pelas redes sociais

Homem cria perfil fake nas redes sociais para atrair, estuprar e roubar vítima no Rio de Janeiro
Crime

Homem cria perfil fake nas redes sociais para atrair, estuprar e roubar vítima no Rio de Janeiro