Preso suspeito de matar italiana

O caso também está sendo investigado pela Promotoria da Província de Ragusa, na Itália.

Tribunal negou recurso de Lula para votar em eleiçãoTribunal negou recurso de Lula para votar em eleição - Foto: Flickr

 

A polícia prendeu um ho­mem suspeito de ter matado a turista italiana Pamela Canzonieri, 39 anos, na praia de Morro de São Paulo, em Cairu, sul da Bahia. A vítima foi encontrada morta na noite da quinta-feira (17) dentro de uma casa onde ela costumava se hospedar. O laudo técnico, divulgado dias depois, aponta que ela foi esganada. Não havia sinais de arrombamento no imóvel e a polícia encontro vestígio de uso de drogas no local. A identidade do suspeito não foi revelada. Não há informações sobre as motivações do assassinato, mas a polícia trabalha com a suspeita de crime passional. O caso também está sendo investigado pela Promotoria da Província de Ragusa, na Itália.
É o segundo turista assassinado em Morro de São Paulo em menos de um mês. No início de novembro, o argentino Marcelo Gabriel Rey, 38, foi morto durante uma briga em um bar. A vítima morava na Bahia havia três anos e trabalhava em um restaurante. Segundo testemunhas, a briga teria acontecido por uma discussão sobre quem pagaria as cervejas consumidas por ambos no local.

 

Veja também

Operação Ábdito da PF apura morte de indígenas em Roraima
Investigação

Operação Ábdito da PF apura morte de indígenas em Roraima

Hospital de Bonsucesso suspende atendimentos e passará por reforma
Rio de Janeiro

Hospital de Bonsucesso suspende atendimentos e passará por reforma