PRF determina suspensão e recolhimento de radares móveis

Ordem ocorre após determinação da Presidência ser publicada no DOU

Polícia Rodoviária FederalPolícia Rodoviária Federal - Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) determinou nesta quinta-feira (15) que “todos os gestores e servidores” suspendam o uso e recolham “equipamentos medidores de velocidade estáticos, móveis e portáteis”. Em nota encaminhada à imprensa, a PRF informa que a determinação vale até que o Ministério da Infraestrutura conclua a reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas.

A determinação ocorre no mesmo dia em que um despacho do presidente Jair Bolsonaro, com o mesmo teor, foi publicado no Diário Oficial da União.

Questionada pelo Portal FolhaPE sobre o inicio do recolhimento dos radares em Pernambuco, a PRF não se pronunciou e explicou que as informações serão disponibilizadas online pelo site da agência.

Leia também:
Após decisão de Bolsonaro, Cetran-PE teme suspensão de radares em Pernambuco
Bolsonaro manda suspender uso de radares nas rodovias federais
Bolsonaro promete acabar com radares móveis nas estradas na próxima semana

De acordo com o comunicado da PRF, estão revogados atos administrativos sobre a atividade de fiscalização eletrônica de velocidade em rodovias e estradas federais. Os policiais rodoviários também deverão rever normas internas sobre a atividade de fiscalização de trânsito quando a cargo da PRF.


Veja também

Jogadores trintões dominam lista de artilheiros do país na temporada
Futebol

Jogadores trintões dominam lista de artilheiros do país na temporada

Profissionais podem se increver até 6 de outubro no CNJ Inova
justiça

Profissionais podem se increver até 6 de outubro no CNJ Inova