PRF determina suspensão e recolhimento de radares móveis

Ordem ocorre após determinação da Presidência ser publicada no DOU

Polícia Rodoviária FederalPolícia Rodoviária Federal - Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) determinou nesta quinta-feira (15) que “todos os gestores e servidores” suspendam o uso e recolham “equipamentos medidores de velocidade estáticos, móveis e portáteis”. Em nota encaminhada à imprensa, a PRF informa que a determinação vale até que o Ministério da Infraestrutura conclua a reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas.

A determinação ocorre no mesmo dia em que um despacho do presidente Jair Bolsonaro, com o mesmo teor, foi publicado no Diário Oficial da União.

Questionada pelo Portal FolhaPE sobre o inicio do recolhimento dos radares em Pernambuco, a PRF não se pronunciou e explicou que as informações serão disponibilizadas online pelo site da agência.

Leia também:
Após decisão de Bolsonaro, Cetran-PE teme suspensão de radares em Pernambuco
Bolsonaro manda suspender uso de radares nas rodovias federais
Bolsonaro promete acabar com radares móveis nas estradas na próxima semana

De acordo com o comunicado da PRF, estão revogados atos administrativos sobre a atividade de fiscalização eletrônica de velocidade em rodovias e estradas federais. Os policiais rodoviários também deverão rever normas internas sobre a atividade de fiscalização de trânsito quando a cargo da PRF.


Veja também

Diretor da OMS adverte o Brasil que situação da pandemia 'é muito séria'
Coronavírus

Diretor da OMS adverte o Brasil que situação da pandemia 'é muito séria'

Sem base científica, Ernesto diz que é "normal" alta de casos após vacinação
Coronavírus

Sem base científica, Ernesto diz que é "normal" alta de casos após vacinação