Reação de cavalo em enterro de vaqueiro emociona

Animal estava na família há oito anos e acompanhava o dono nas vaquejadas, no Sertão da Paraíba

Cavalo "Sereno" compareceu ao enterro do seu dono e comoveu os presentes ao demonstrar sua "emoção" ao vê-lo no caixãoCavalo "Sereno" compareceu ao enterro do seu dono e comoveu os presentes ao demonstrar sua "emoção" ao vê-lo no caixão - Foto: Kyioshi Abreu/Diário do Sertão

Quando se dirigiram ao enterro do funcionário público Wagner de Lima Figueiredo, 34, os parentes e amigos não esperavam que a emoção do animal de estimação do falecido. O cavalo “Sereno” foi levado ao cortejo pelo irmão de Wagner, Wando, para se despedir do dono, mas suas reações ao ver o caixão afetaram todos. O animal rondava, cheirava e encostava a cabeça no caixão. O caso aconteceu na última terça-feira (3), na cidade de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba.

“Todas as pessoas ficaram emocionadas quando viram o comportamento do cavalo. Até eu estava fazendo as fotos e chorando”, explica o fotógrafo Kyioshi Abreu. Ele compareceu ao cortejo a trabalho, como profissional do portal de notícias local, Diário do Sertão.

Wagner, que também era vaqueiro, possuía o animal há oito anos. Entre os presentes na cerimônia de despedida estavam muitos amigos que dividiam a paixão pelo esporte. Os vaqueiros prestaram homenagens ao amigo acompanhando o cortejo montados em seus animais.

Wagner morreu na última segunda-feira (2), vítima das consequências de um acidente de moto que sofreu no domingo (1). O rapaz se dirigia para a praia de Tibau, por volta das 4h da manhã, quando perdeu o controle do veículo e caiu. Foi levado para um hospital da cidade de Mossoró, no Estado do Rio Grande do Norte, onde passou por duas cirurgias, mas não resistiu.

Veja também

Anvisa envia ao STF informações sobre uso emergencial da Sputnik V
Vacina

Anvisa envia ao STF informações sobre uso emergencial da Sputnik V

Mortes por Covid-19 chegam a 217,6 mil no Brasil
Coronavírus

Mortes por Covid-19 chegam a 217,6 mil no Brasil