A-A+

São Paulo registra a primeira morte por sarampo em 2020

Secretaria de Saúde paulista diz que é o único óbito anotado no estado

Manchas vermelhas pelo corpo são sintoma de sarampo Manchas vermelhas pelo corpo são sintoma de sarampo  - Foto: Prefeitura Botucatu/Divulgação

Uma criança morreu vítima de sarampo em 2020 na capital paulista. Segundo a Secretaria de Saúde de São Paulo, até o momento essa é a única morte registrada pela doença no estado. Neste ano, foram confirmados 246 casos de sarampo em São Paulo.

Em 2019, houve 17,5 mil ocorrências e 14 mortes por complicações decorrentes do sarampo no estado.

Leia também:
Rio de Janeiro confirma primeira morte por sarampo
Ministério da Saúde quer eliminar sarampo do país até julho
Novo coronavírus mata mais que o sarampo, mas menos que o ebola

No último dia 10 de fevereiro, foi iniciada a primeira etapa da campanha de vacinação contra o sarampo.

O foco abrange jovens de 5 a 19 anos que ainda não receberam as doses da vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, a caxumba e a rubéola.

A população nessa faixa etária pode receber as doses da vacina em qualquer posto de saúde até o dia 13 de março.

Veja também

Rio pode liberar máscaras em locais abertos na próxima semana
Flexibilização

Rio pode liberar máscaras em locais abertos na próxima semana

Seguranças dão mata-leão em homem negro com bebê no metrô de SP
Violência

Seguranças dão mata-leão em homem negro com bebê no metrô de SP