Senado decide que consumidor tem direito a celular reserva

Benefício será válido quando aparelho estiver na assistência técnica

Foi descoberta uma vulnerabilidade na rede de telecomunicações Foi descoberta uma vulnerabilidade na rede de telecomunicações  - Foto: Pixabay/Divulgação

O Senado aprovou nesta quinta-feira (11) uma lei que garante ao consumidor o direito de receber um telefone celular reserva enquanto o seu estiver na assistência técnica para reparos. O texto se refere apenas a aparelhos ainda na garantia. O texto veio da Câmara, mas, como sofreu alterações no Senado, volta para apreciação dos deputados.

O projeto inicial, de 2015, previa que o aparelho reserva deveria apenas fazer e receber ligações. O Senado incluiu a obrigatoriedade de acessar a internet, usando o plano de dados do consumidor. A sessão foi realizada na manhã desta quinta-feira e foi presidida por Eduardo Gomes (MDB-TO).

Leia também:
Empresas adaptam sites e criam aplicativos para vender mais pelo celular
Anatel identifica 15 mil celulares irregulares em Pernambuco 

Segundo o texto aprovado nesta quinta, basta o consumidor apresentar o aparelho defeituoso na assistência técnica autorizada. O aparelho reserva deverá ser oferecido gratuitamente. O consumidor deverá devolvê-lo nas mesmas condições em que o recebeu.

“Já consideramos aqui o celular como instrumento e ferramenta de trabalho. Essa iniciativa é uma importante conquista do consumidor brasileiro”, disse o senador Eduardo Gomes. Caso a Câmara confirme as alterações do Senado, o projeto vai à sanção presidencial, alterando o Código de Defesa do Consumidor.

Veja também

Após reunião com Anvisa, governo decide esperar antes de novas medidas contra ÔmicronBrasil

Após reunião com Anvisa, governo decide esperar antes de novas medidas contra Ômicron

Operação em Pernambuco e mais três estados desmonta esquema de fraudes em aposentadoriasFraude

Operação em Pernambuco e mais três estados desmonta esquema de fraudes em aposentadorias