Suzane von Richthofen é levada de volta à prisão após descumprir regra de saída temporária

A direção da penitenciária deve comunicar o caso à Justiça, que deve decidir se Suzane perde o benefício da saída temporária ou não

Suzane von Richthofen, condenada por matar os paisSuzane von Richthofen, condenada por matar os pais - Foto: Reprodução

No mesmo dia em que foi beneficiada com a saída temporária de fim de ano, Suzane von Richthofen foi levada de volta à prisão após ser flagrada em uma festa de casamento em Taubaté (SP) na tarde deste sábado (22). Ao deixar a prisão, por volta das 8h, Suzane deveria ter ido direto ao endereço informado à Vara de Execuções Criminais, o que não aconteceu.

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária de São Paulo, policiais receberam uma denúncia anônima e chegaram ao local do evento por volta das 16h. A presa foi levada de volta à Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé, no interior de São Paulo.

A direção da penitenciária deve comunicar o caso à Justiça, que deve decidir se Suzane perde o benefício da saída temporária ou não. Se for punida, ela perde o direito aos 10 dias de liberdade que teria.

Leia também:
Condenado por matar casal Richthofen deixa cadeia e vai para regime aberto
Desorientado, irmão de Suzane von Richthofen é levado a hospital de SP


Em regime semiaberto desde 2015, Suzane tem direito a cinco saídas temporárias ao longo do ano (Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal/Ano Novo).

Em 2017, Suzane foi impedida de sair durante o Dia das Mães por ter sido acusada de informar um endereço falso de onde ficaria hospedada. Ela precisou responder a processo administrativo e foi punida com prisão em cela solitária. Condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais, em 2002, Suzane já cumpriu mais de 15.

Em 2015, a Justiça de São Paulo determinou que a herança da família Von Richthofen seja entregue apenas ao irmão de Suzane, Andreas Albert von Richthofen. Na sentença, o juiz determinou que ela deveria ser excluída da partilha dos bens por considerá-la "indigna". A herança é calculada em mais de R$ 3 milhões.

Veja também

Somente 13% das indústrias renegociaram planos de saúde na pandemia

Somente 13% das indústrias renegociaram planos de saúde na pandemia

Avião com 1,5 milhão doses de vacina chega amanhã, diz ministro
Janssen

Avião com 1,5 milhão doses de vacina chega amanhã, diz ministro