Taxistas de São Paulo não podem mais deixar carro vazio no ponto

"O motorista deverá permanecer no interior ou próximo ao seu veículo", determinou a portaria

Roupa Nova Roupa Nova  - Foto: Marcos Hermes / Divulgação

Os taxistas tiveram novas normas definidas em portaria publicada no "Diário Oficial" da Cidade de São Paulo, nesta quarta-feira (5). Entre as novidades, está a proibição de deixar o carro estacionado no ponto sem estar próximo do veículo. "O motorista deverá permanecer no interior ou próximo ao seu veículo, não podendo, em hipótese alguma, abandoná-lo estacionado nas vagas", determinou.

O texto ainda reforça a prioridade ao usuário que estiver no ponto: os condutores estão proibidos de atender pedidos por telefone ou por aplicativo de celular caso o número de veículos não seja suficiente para todos os passageiros que foram solicitar o táxi pessoalmente. O usuário também não tem a obrigação de seguir a ordem da fila, ficando livre para optar pelo carro ou motorista de sua preferência. Sua escolha não pode ser induzida de nenhuma forma pelo auxiliar operacional, contratado para ajudar no local.

Ainda sobre os pontos, eles podem ser reformados pela iniciativa privada, mas propagandas estão proibidas. Ficam vetados também os pontos irregulares de táxis, quando dois ou mais veículos ficam estacionados no mesmo lugar, ou a extensão dele além da área demarcada. "Apesar de não trazer nenhuma novidade significativa, a portaria é boa por normatizar e traçar diretrizes para o serviço de táxi paulistano", disse, por meio de assessoria, o Sindicato dos Taxistas Autônomos de São Paulo.

Veja também

Médicos relutam em usar cloroquina contra Covid-19 em aldeias indígenas do Brasil
Coronavírus

Médicos relutam em usar cloroquina contra Covid-19 em aldeias indígenas do Brasil

Governo escala relações públicas ambiental contra fuga de investidores
Meio Ambiente

Governo escala relações públicas ambiental contra fuga de investidores