Tiroteio no Complexo do Alemão mata bebê e uma mulher; comunidade protesta

Segundo a polícia, criminosos que estavam em um automóvel atiraram contra uma viatura que passava no local

Complexo do AlemãoComplexo do Alemão - Foto: Bruno Itan/ Fotos Públicas

Um tiroteio entre policiais militares e traficantes, no Complexo do Alemão, na noite desta sexta-feira (16), resultou na morte de um bebê e de uma mulher, além de vários feridos. De acordo com a Polícia Militar (PM), criminosos que estavam em um automóvel atiraram contra uma viatura baseada na confluência das avenidas Itaóca e Itararé, as duas principais vias da região.

Leia também:
MPF irá fiscalizar ações da intervenção federal no Rio de Janeiro
Conselho dos Direitos Humanos pede proteção a familiares e amigos de Marielle


O bebê foi atingido pelo tiroteio, e a mãe que o carregava recebeu um tiro de raspão. Uma outra mulher, ainda não identificada, segundo a PM, acabou morta. Dois criminosos foram feridos e presos. Por causa do confronto, os moradores realizaram um protesto que obrigou à interdição das avenidas.

O Batalhão de Choque foi enviado ao local para controlar a situação e desobstruir as vias. A PM informou que ainda não tinha o nome das vítimas. Segundo a assessoria da corporação, houve confrontos em vários pontos do Complexo do Alemão, podendo haver outros feridos. A polícia está percorrendo os hospitais da região, para checar se houve o ingresso de criminosos feridos.

Veja também

237 mil trabalhadores com salário reduzido têm atraso em benefício do governo
economia

237 mil trabalhadores com salário reduzido têm atraso em benefício do governo

Covid-19: Brasil tem 157,9 mil mortes e 5,43 milhões de casos
boletim

Covid-19: Brasil tem 157,9 mil mortes e 5,43 milhões de casos