Unidade da PM é incendiada no Rio Grande do Norte

Fogo destruiu parte do prédio e um veículo, mas nenhum policial ficou ferido

A unidade do Pelotão Destacado de Polícia Militar (PM) de Arez, na região leste do Rio Grande do Norte, foi incendiada nesta quarta-feira (1), por volta das 5h. Segundo a PM, possivelmente, foi usado combustível para iniciar o incêndio. O fogo destruiu parte do prédio e um veículo. Nenhum policial ficou ferido.

Duas pessoas já foram presas por suspeita de envolvimento no ataque e a polícia investiga a participação de outras. Por enquanto, não há informações sobre a motivação do crime ou a ligação dos suspeitos com algum grupo criminoso.

Desde o início do ano, o estado vive uma crise na área de segurança. Uma rebelião iniciada no dia 14 de janeiro na Penitenciária Estadual de Alcaçuz deixou ao menos 26 mortos. Outros motins se seguiram, e agentes da Força Tarefa de Intervenção Penitenciária foram enviados ao estado. Também em janeiro, ônibus e prédios públicos foram alvo de ataques criminosos na capital e em mais cinco cidades.

Veja também

Pós-Enem: como entrar no ensino superior com a nota da avaliação
Educa Mais Brasil

Pós-Enem: como entrar no ensino superior com a nota da avaliação

Relatório alerta para violação de privacidade e potencial vigilância em medidas do governo
Dados pessoais

Relatório alerta para violação de privacidade e potencial vigilância em medidas do governo