Verão no Hemisfério Sul começa nesta sexta à noite

Nessa estação, segundo o Inmet, a chuva é frequente em praticamente todo o País

Temperatura alta nas praiasTemperatura alta nas praias - Foto: Agência Brasil/Arquivo

O verão no Hemisfério Sul começa oficialmente às 20h22 (horário de Brasília) desta sexta-feira (21) e vai até 20 de março de 2019. O período, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), se caracteriza pela elevação da temperatura e dias mais longos que as noites, além de mudanças rápidas nas condições de tempo, como chuva forte, queda de granizo, vento com intensidade variando de moderada a forte e descargas elétricas.

Nessa estação, segundo o Inmet, a chuva é frequente em praticamente todo o País, com exceção do extremo sul do Rio Grande do Sul, nordeste de Roraima e leste do Nordeste. Os maiores volumes de precipitação são esperados para o sudeste do Amazonas e o norte de Mato Grosso, entre os meses de dezembro e fevereiro.

Leia também:
Verão aumenta riscos de acidente com caravelas
Especialistas alertam para epidemias de Zika e Chikungunya no verão


“Devido às suas características climáticas, o verão é especialmente importante para atividades econômicas como a agropecuária, a geração de energia, por meio das hidrelétricas, e para a reposição hídrica e manutenção dos reservatórios de abastecimento de água em níveis satisfatórios”, informou o instituto.

Nordeste
A previsão do modelo estatístico do Inmet para o verão na Região Nordeste indica predomínio de áreas com maior probabilidade de chuva acima da média na Bahia, do litoral de Alagoas até o Rio Grande do Norte e no sul do Piauí e do Maranhão. Nas demais áreas, a chuva deve ficar próxima à média ou ligeiramente abaixo durante a estação. A temperatura estará mais elevada no Maranhão, centro e sul do Piauí, sul do Ceará e no oeste de Pernambuco.

Veja também

Governo defende que civis sejam julgados pela Justiça Militar em caso de ofensa às Forças Armadas
Brasil

Governo defende que civis sejam julgados pela Justiça Militar em caso de ofensa às Forças Armadas

Nise Yamaguchi processa senadores de CPI e pede ao menos R$ 320 mil por danos morais
CPI da Covid

Nise Yamaguchi processa senadores de CPI e pede ao menos R$ 320 mil por danos morais