Boa notícia

Cabo de Santo Agostinho, na RMR, não registra mortes por Covid-19 há 26 dias

Segundo a Secretaria de Saúde da cidade, o último óbito pela doença ocorreu no dia 13 de setembro

Vacinação contra Covid-19 no Cabo de Santo Agostinho, na RMRVacinação contra Covid-19 no Cabo de Santo Agostinho, na RMR - Foto: PMCSA

O município do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife, está há 26 dias sem registrar mortes por Covid-19. Segundo a Secretaria de Saúde da cidade, o último óbito pela doença ocorreu no dia 13 de setembro. 

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Ana Maria Albuquerque, o avanço da campanha de vacinação foi responsável pela queda nas mortes. “No Cabo, já temos mais de 98% da população adulta vacinada com a primeira dose e mais de 56% com a segunda. Essa proteção vacinal tem contribuído na redução dos índices da Covid-19”, afirmou Ana. 

Com a diminuição das mortes, o município começou a desativar os leitos de enfermaria vermelha e amarela exclusivos para a doença, que eram 20 e hoje são 8. Esse espaço irá possibilitar o retorno das cirurgias eletivas nas unidades municipais.


A cidade totaliza, desde o início da pandemia, 10.012 casos da doença, dos quais 8.813 foram leves e 1.199 de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Destes últimos, 523 evoluíram para óbito. 

Apesar dos dados, a secretária alerta sobre os cuidados contra a doença. “É importante continuar usando álcool em gel, máscara e manter o distanciamento. Apesar da queda nos números, estamos com a variante Delta circulando em todo o Estado e não podemos nos descuidar”, afirmou Ana.

No município já foram aplicadas 232.276 doses de vacinas contra a Covid-19. Os dados constam no Informe Epidemiológico do município do dia 8 de outubro. Do total, 145.516 doses foram para a primeira dose, 85.152 para a segunda, 1.097 de doses únicas e 511 de reforço. A imunização acontece de 8h às 13h no Centro de Vacinação da Covid-19, na Praça 9 de Julho, Cabo de Santo Agostinho. 

Veja também

Variante ômicron se espalha pelo mundo e afeta economia, mas não deixa mortes até o momentoCoronavírus

Variante ômicron se espalha pelo mundo e afeta economia, mas não deixa mortes até o momento

Revista Digital FMOTORS | Edição Dezembro 2021Revista Digital FMOTORS

Revista Digital FMOTORS | Edição Dezembro 2021