Cabo e soldado são expulsos da PMPE por acusação de abuso sexual

Exclusão foi publicada na última sexta, no Diário Oficial. Crime teria acontecido em 2012, em uma falsa blitz no Ipsep

Segundo a Corregedoria da SDS, policiais fizeram blitz falsaSegundo a Corregedoria da SDS, policiais fizeram blitz falsa - Foto: Divulgação

Um cabo e um soldado da Polícia Militar de Pernambuco foram excluídos da corporação após acusação de abusar sexualmente uma mulher. O crime teria acontecido em 2012, nas imediações do antigo Shopping Outlet, no bairro do Ipsep, na Zona Sul do Recife. A expulsão foi publicada na última sexta-feira (10), no Diário Oficial do Estado.

Segundo a Corregedoria da Secretaria de Defesa Social (SDS), o soldado teria realizado uma falsa blitz e abordado o carro de uma mulher, com o objetivo de fiscalizar as condições do extintor de incêndio. Segundo a portaria, ele teria sacado a arma e, sob ameaça, exigiu que a condutora do veículo cometesse "atos de cunho lascivo". 

Na ocasião, eles eram lotados no 1º Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran). O cabo também foi expulso porque, no momento do crime, estava no mesmo raio de atuação que o colega de farda e, ainda na portaria, teria dado cobertura para a prática de infração.




Veja também

União Europeia pede 'transparência' a empresas sobre atrasos de vacinas anticovid
Vacinas

União Europeia pede 'transparência' a empresas sobre atrasos de vacinas anticovid

Perfil conciliatório de Biden pode atrasar resposta à pandemia de Covid
EUA

Perfil conciliatório de Biden pode atrasar resposta à pandemia de Covid