Cadela é queimada com água quente enquanto dorme e precisa de ajuda

Batizada de pretinha, ela precisará passar por uma cirurgia. Filhote também foi queimado, mas não resistiu e morreu

O deputado federal Wolney Queiroz, que também é presidente do PDT em PernambucoO deputado federal Wolney Queiroz, que também é presidente do PDT em Pernambuco - Foto: Divulgação

Uma cadela de rua foi resgatada na comunidade do Tururu, no bairro do Janga, em Paulista, depois de ter sido queimada com água quente. Um filhote dela, de aproximadamente cinco meses, não resistiu aos ferimentos e morreu. Uma universitária e duas amigas fizeram o resgate depois que souberam do caso por meio um denúncia feita no Facebook. Elas encontraram a cadela bastante ferida e com fome. 

Os primeiros socorros foram feitos na clínica veterinária Pet Social, mas, por conta do alto custo, o animal foi transferido para a clínica Animania, no bairro da Torre. "Não estávamos podendo pagar a diária que era R$ 100. Soubemos que foi jogada água fervente nela e no filhote quando eles estavam dormindo. O filhote não resistiu e morreu. O estado dela é muito delicado. Por conta do alto custo, estamos contando com doações, contou Liliane Almeida.

O resgate foi feito no dia 21 de outubro. Pretinha conseguiu ficar de pé apenas na última terça-feira (1). Bastante debilitada, a cadela precisou de uma doação de sangue. Os veterinários agora tentam estabilizá-la para a realização de um Raio-x (para saber se ela sofreu fratura) e de um procedimento cirúrgico.

Como ajudar
 As pessoas podem colaborar com ração, sachê de carne (porque ela sente dor ao mastigar), pomada cicatrizante e ração. Também é possível ajudar indo na clínica veterinária ou com doações em dinheiro na conta poupança da Caixa Econômica em nome de Liliane Almeida. Agência 4815. Op 013. Conta 2818-9. Os telefones de contato para quem quiser contribuir são (81) 98897-0733 (Liliane) e (81) 98759-7647 (Vanessa).

Veja também

Brasil registra mais 407 mortes por covid-19
Coronavírus

Brasil registra mais 407 mortes por covid-19

Burger King é interditado em Salvador após aglomerar com promoção de Dia das Bruxas
Bahia

Burger King é interditado em Salvador após aglomerar com promoção de Dia das Bruxas