Calderano confirma favoritismo e é bicampeão de tênis de mesa no Pan

Além da medalha dourada, a vitória garante ao mesatenista brasileiro a vaga para participar das Olimpíadas de Tóquio 2020

Hugo Calderano, atleta de tênis de mesaHugo Calderano, atleta de tênis de mesa - Foto: Divulgação/COB

O mesatenista Hugo Calderano confirmou o favoritismo e faturou, nesta quarta-feira (7), o bicampeonato individual nos Jogos Pan-Americanos. Na final, o brasileiro conquistou o ouro após bater o dominicano Jiaji Wu por 4 games a 3 (11/8, 6/11, 8/11, 11/7, 8/11, 11/8 e 11/2).

Além da medalha dourada, a vitória garante ao mesatenista brasileiro a vaga para participar das Olimpíadas de Tóquio no ano que vem.

Leia também:
Takahashi fica com o bronze no tênis de mesa
Tênis de mesa do Brasil busca aproveitar embalo de Calderano

Calderano, que já havia levado o ouro nas duplas ao lado de Gustavo Tsuboi, terá ainda a chance de retornar ao Brasil com um terceiro ouro na bagagem, o da competição por equipe, disputada a partir desta quinta-feira (8). Em Toronto 2015, os atletas do Brasil levaram a melhor na disputa.

Ao defender o ouro individual obtido há quatro anos, o brasileiro de 23 anos entrou da disputa dos Jogos Pan-Americanos como o adversário a ser batido. Ele figura atualmente na sexta posição do ranking mundial da modalidade, atrás apenas de quatro atletas chineses e do japonês Tomokazu Harimoto.

Veja também

Pesquisa: cepa do Amazonas do coronavírus gera mais carga viral
Pandemia

Pesquisa: cepa do Amazonas do coronavírus gera mais carga viral

IFA para produzir 12 milhões de doses de vacina chega ao Rio
Vacinação

IFA para produzir 12 milhões de doses de vacina chega ao Rio