EUA

Califórnia entra em estado de emergência após grande tempestade

As áreas afetadas incluem Los Angeles, os condados de Orange, Riverside, San Bernardino, San Diego e Santa Bárbara

Um carro passa por uma estrada inundada em Topanga, CalifórniaUm carro passa por uma estrada inundada em Topanga, Califórnia - Foto: Apu Gomes/AFP

Grandes áreas do estado da Califórnia, no oeste dos Estados Unidos, foram inundadas nesta segunda-feira (5), e centenas de milhares de pessoas ficaram sem energia depois de uma tempestade ter provocado fortes chuvas e forçado as autoridades a declararem estado de emergência.

"Esta é uma tempestade grave com impactos perigosos e potencialmente mortais", disse o governador Gavin Newsom, que declarou estado de emergência para oito condados no sul da Califórnia.

No norte do estado, um homem morreu quando uma sequoia caiu sobre ele no quintal de sua casa, segundo a polícia da cidade de Yuba, perto de Sacramento.

De acordo com o rastreador de energia PowerOutage.us, cerca de 700 mil clientes ficaram sem energia na manhã desta segunda-feira (5).

As áreas afetadas incluem Los Angeles, os condados de Orange, Riverside, San Bernardino, San Diego e Santa Bárbara.

De acordo com o rastreador de energia PowerOutage.us, cerca de 700.000 clientes ficaram sem energia na manhã desta segunda-feira.

O site aeronáutico Flightaware.com indicou que dezenas de voos dentro e fora do aeroporto de Los Angeles foram atrasados, ou cancelados.

De acordo com o Serviço Meteorológico Nacional (NWS, na sigla em inglês), a previsão é de que caiam de 13 a 20 centímetros em Los Angeles nesta segunda-feira, elevando a quantidade total de chuva nas últimas 48 horas para 35 centímetros.

"As condições cada vez mais saturadas e as enchentes já presentes serão ainda mais agravadas por estas chuvas adicionais, dando continuidade à ameaça de inundações repentinas, urbanas e de riachos, que ameaçam a vida e são localmente catastróficas, assim como uma ameaça de fluxos de detritos e deslizamentos de terra", de acordo com a previsão do NWS na manhã desta segunda-feira.

A agência já havia emitido um alerta sobre "um forte sistema de tempestades no Pacífico que traria inundações perigosas e impactantes, nevascas, ventos, inundações costeiras e ondas fortes para a Califórnia".

Com rajadas de 96 km por hora ou mais, a tempestade faz parte do chamado "Pineapple Express" (Expresso Abacaxi, em tradução livre), fenômeno climático que tem origem no arquipélago havaiano perto de onde chega a umidade tropical.

O NWS descreveu-a como "a maior tempestade da temporada".

Veja também

Dia Nacional de Doação de Leite Humano: Brasil é referência internacional em bancos do alimento
Saúde

Dia Nacional de Doação de Leite Humano: Brasil é referência internacional em bancos do alimento

Nível do Guaíba cai 17 cm em Porto Alegre e segue baixando
Rio Grande do Sul

Nível do Guaíba cai 17 cm em Porto Alegre e segue baixando

Newsletter