Notícias

Câmara cria comissão especial para discutir reforma da Previdência

Colegiado será composto por 49 membros e 49 suplentes

Rodrigo Maia, presidente da CâmaraRodrigo Maia, presidente da Câmara - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), determinou a criação da comissão especial que vai analisar a Proposta de Emenda à Constituição da reforma da Previdência (PEC 6/19). O colegiado será composto por 49 membros e 49 suplentes. O ato de criação da comissão foi lido durante a sessão do plenário desta quarta-feira (24) pela deputada Geovânia de Sá (PSDB-SC), segunda suplente da Mesa Diretora.

Inicialmente, foram anunciados 34 membros e 34 suplentes, mas a composição foi ampliada para incluir um número maior de partidos na comissão especial.

Aprovado na noite de terça-feira (23), por um placar de 48 votos a 18, o texto do relator Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG) pela admissibilidade segue agora para análise da comissão especial. Segundo a líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann, o colegiado deve ser instalado nesta quinta-feira (25).

Leia também:
O passo a passo da reforma da Previdência no Congresso Nacional
Governo mantém meta de economizar R$ 1 trilhão com reforma da Previdência, diz Mattar
CCJ aprova parecer a favor da reforma da Previdência


Na manhã desta quarta-feira (24), o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, disse que a aprovação do parecer do relator Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG) pela admissibilidade da proposta mostrou que há um número grande de parlamentares e partidos que apoiam a reforma da Previdência.

Veja também

Brasil tem 17 casos confirmados para a varíola dos macacos
saúde

Brasil tem 17 casos confirmados para a varíola dos macacos

Ministério da Saúde autoriza público acima dos 6 meses a receber vacina contra gripe
imunização

Ministério da Saúde autoriza público acima dos 6 meses a receber vacina contra gripe