CAMPANHA

Caminhada no Recife reforça luta contra a violência sexual a crianças e adolescentes em Pernambuco

A caminhada acontece na próxima sexta-feira (17), às 15h, partindo do Pátio do Carmo, no Centro do Recife

O tema da campanha do ato deste ano é "Conexão com Proteção: Eduque, previna e proteja crianças e adolescentes da violência sexual na internet".O tema da campanha do ato deste ano é "Conexão com Proteção: Eduque, previna e proteja crianças e adolescentes da violência sexual na internet". - Foto: Grupo AdoleScER/Cortesia

Na próxima sexta-feira (17), às 15h, acontece a Caminhada de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes. Partindo do Pátio do Carmo, no Centro do Recife, o tema da campanha do ato deste ano é "Conexão com Proteção: Eduque, previna e proteja crianças e adolescentes da violência sexual na internet".

A campanha, promovida pela Rede de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes do Estado de Pernambuco, busca alertar e mobilizar a sociedade para proteger crianças e adolescentes das crescentes ameaças digitais.

Na internet, crianças e adolescentes são abordados diariamente nas redes sociais com propostas que envolvem a troca de fotos e vídeos por dinheiro, fama ou outros favores — evidenciando a necessidade de uma maior conscientização e prevenção. 

O ato contará com a participação de jovens das periferias da Região Metropolitana do Recife e defensores de direitos das crianças e adolescentes, com faixas e diversas manifestações culturais ao longo do percurso. Haverá, também, um microfone aberto para que participantes possam expressar suas falas e apoiar a causa.

Dados alarmantes e enfrentamento
Segundo dados do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania, em 2023 foram registradas 39.357 denúncias de abuso e exploração sexual, com 42.031 violações. A Rede de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes de Pernambuco reforça a importância de ações como essa para sensibilizar a sociedade.

"A caminhada é importante porque é um ato que mostra a mobilização da sociedade civil no enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes. É um marco de união em prol desta luta que aglutina muitas instituições e pessoas que defendem no seu dia a dia o Estatuto da Criança do Adolescente," disse André Fidelis, coordenador da Rede. 

18 de maio
O dia 18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infantojuvenil, instituído em 2000 pela Lei 9.970.

A data rememora um crime bárbaro ocorrido há 51 anos, no Espírito Santo, quando Araceli Cabrera, então com 8 anos, foi violentada e assassinada. Os responsáveis pelo crime nunca foram punidos.

Veja também

"Que o Brasil continue nesse movimento de solidariedade", diz o padre Fábio de Melo
PENTECOSTES DE PAZ

"Que o Brasil continue nesse movimento de solidariedade", diz o padre Fábio de Melo

Moraes rejeita pedido para soltar Rivaldo, apontado como mentor do assassinato de Marielle
Investigação

Moraes rejeita pedido para soltar Rivaldo, apontado como mentor do assassinato de Marielle

Newsletter