Campanha #BlackoutTuesday promove dia de silêncio contra o racismo

Artistas, gravadoras e formadores de opinião publicam imagens com fundo preto nas redes sociais

Campanha #BlackoutTuesdayCampanha #BlackoutTuesday - Foto: Reprodução

A campanha #BlackoutTuesday (terça-feira de apagão, em tradução livre) movimenta as redes sociais nesta terça-feira (2). A movimentação começou na indústria da música e é um protesto pelo assassinato de George Floyd, homem negro de 46 anos morto em Minneapolis, nos Estados Unidos, pelo policial branco Derek Chauvin, em um crime racista que levantou uma série de protestos no país e pelo mundo.

A proposta da campanha organizada pelas grandes gravadoras americanas foi dar aos funcionários um dia de folga "para se desconectar do trabalho e se reconectar com a nossa comunidade". Artistas, formadores de opinião e gravadoras ficarão silenciadas durante um dia inteiro em protesto contra o racismo.

Leia também:
Autópsia encomendada por família de George Floyd conclui que ele morreu por asfixia
Manifestações antirracismo chegam à 7ª noite com EUA no limite

As redes sociais foram tomadas por mensagens com a hashtag e geralmente acompanhadas por imagens com um fundo preto e textos de conscientização. Artistas como Lady Gaga, Billie Eilish e Rihanna fecharam suas lojas virtuais, segundo o site especializado Popline.

A hashtag ocupa as primeiras colocações nos trending topics do Twitter com mais de meio milhão de tweets. Além de George Floyd, outros negros mortos em crimes racistas também são lembrados como João Pedro e Ágatha Félix, crianças negras assassinadas no Brasil em ações policiais.

Gravadoras brasileiras publicaram mensagens alusivas à campanha. A Universal Music Brasil disse que "não há lugar neste mundo para ódio e violência. Estamos comprometidos em sermos uma força para mudanças construtivas". A Warner Music Brasil publicou: "Somos solidários a todas as vítimas de racismo em qualquer parte do mundo. Vidas negras importam".

Veja também

Bar no Clube Náutico é interditado por aglomeração durante transmissão de jogo
Fiscalização

Bar no Clube Náutico é interditado por aglomeração durante transmissão de jogo

Estados pretendem ampliar ensino remoto para compensar fechamento das escolas
VOLTA ÀS AULAS

Estados pretendem ampliar ensino remoto para compensar fechamento das escolas